Mercado abrirá em 9 h 18 min
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,36
    +0,13 (+0,18%)
     
  • OURO

    1.764,30
    -14,50 (-0,82%)
     
  • BTC-USD

    44.086,14
    +1.942,26 (+4,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.105,91
    +65,43 (+6,29%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.083,37
    +102,39 (+1,47%)
     
  • HANG SENG

    24.492,26
    +270,72 (+1,12%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.190,25
    +26,75 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2146
    +0,0058 (+0,09%)
     

Facebook ajudará 30 mil pequenos negócios de mulheres e minorias

·2 minuto de leitura
O Facebook anunciou esta semana um compromisso de US$ 100 milhões (R$ 525 milhões) com um programa que apoia pequenas empresas pertencentes a mulheres e minorias comprando suas faturas pendentes. (REUTERS/Leah Millis)
  • Facebook vai investir mais de meio bilhão em pequenas empresas

  • Valor mínimo é de mil dólares (R$ 5250,00) e não tem limite para contas pendentes

  • Companhia de tecnologia quer expandir programa para outros países

O Facebook anunciou esta semana um compromisso de US$ 100 milhões (R$ 525 milhões) com um programa que apoia pequenas empresas pertencentes a mulheres e minorias comprando suas faturas pendentes. Com isso, o programa Facebook Invoice Fast Track coloca dinheiro nas mãos de pequenas empresas que, de outra forma, teriam que esperar semanas, senão meses, para serem pagas por seus clientes.

O programa é o esforço mais recente do Facebook para construir relacionamentos de longo prazo entre as pequenas empresas, muitas das quais contam com a rede social para colocar anúncios direcionados a nichos demográficos que possam estar interessados ​​em seus serviços.

As empresas podem enviar faturas pendentes de no mínimo US$ 1.000 e, se aceito, o Facebook comprará a fatura da pequena empresa e pagará em questão de dias. Os clientes então pagam para a empresa de Mark Zuckerberg os valores pendentes nos mesmos termos que haviam combinado com a pequena empresa. Para o Facebook, que gerou quase US$ 86 bilhões em receita ano de 2020, esperar pelos pagamentos é menos problemático do que para as pequenas empresas.

O Facebook testou uma versão menor do programa em 2020 depois de ouvir o quanto os fornecedores da empresa estavam lutando para se manter no começo pandemia da COVID-19, disse Rich Rao, vice-presidente de pequenas empresas do Facebook.

“Acabamos de ouvir em primeira mão as dificuldades financeiras que esses fornecedores estavam enfrentando e foi criado muito rapidamente e apresentado como uma ideia e apresentado ao nosso CFO para dizer: 'Ei, poderíamos ajudar nossos fornecedores com isso?’”, disse Rao, em entrevista para a CNBC, canal dos Estados Unidos. “Foi um piloto minúsculo, mas vimos que teve muito sucesso”.

Entre os empresários que já passaram pelo piloto do programa está Lisa Dunnigan, que vende mercadorias para professores e promove a conferência de professores Teach Your Heart Out (Ensine com todo seu coração, em tradução livre).

Depois que a pandemia forçou Dunnigan a cancelar todos os eventos presenciais de sua empresa em 2020, a empresa anunciou uma versão virtual de sua conferência Teach Your Heart Out agendada para julho. Os professores se inscreveram para a conferência no início de 2021, mas muitos pagaram com pedidos de compra que levam “muito tempo” para serem pagos. Desde então, a dona da empresa disse que se inscreveu no programa novamente e fez com que o Facebook pagasse suas faturas pendentes várias vezes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos