Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    46.448,78
    +509,98 (+1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Fabricante polonês do jogo Cyberpunk 2077 é vítima de ciberataque

·1 minuto de leitura
Reprodução do herói "V" do videogame Cyberpunk 2077

O fabricante polonês de jogos CD Projekt RED, autor do The Witcher e Cyberpunk 2077, anunciou nesta terça-feira (9) que foi vítima de um roubo de dados em um "ciberataque dirigido".

"Um ator não identificado obteve um acesso não autorizado a nossa rede interna, coletou alguns dados do grupo CD Projekt e deixou uma nota de resgate", disse o grupo no Twitter.

A empresa afirmou que o incidente ocorreu na segunda-feira e que entrou em contato com a polícia.

O CD Projekt publicou uma cópia do pedido de resgate em que os hackers afirmam ter roubado códigos fonte do Cyberpunk 2077 e The Witcher 3, assim como documentos internos.

"Se não pudermos chegar a um acordo, seus códigos fonte serão vendidos ou divulgados online", diz a nota, que dá ao grupo 48 horas para responder. "Os investidores perderão confiança em seu grupo e sua ação cairá ainda mais", acrescentaram os hackers.

As ações do CD Projekt caíram 5,2% na Bolsa de Varsóvia por volta das 6h00 de Brasília. Essas ações já haviam diminuído após uma série de problemas no lançamento do muito esperado Cyberpunk 2077 em dezembro, antes de aumentar no mês passado quando o bilionário Elon Musk elogiou seu design.

O estúdio polonês declarou que não tem a intenção de "ceder às demandas ou de negociar".

"Estamos tomando as medidas necessárias para limitar as consequências de uma possível divulgação" de dados, afirmou o CD Projekt RED.

"Podemos confirmar que, até onde sabemos, os sistemas comprometidos não continham dados pessoais dos nossos jogadores ou clientes de nossos serviços", garantiu o grupo.

dt/mas/sw/ial/mab/zm/aa