Mercado fechará em 5 h 54 min
  • BOVESPA

    109.506,27
    +662,53 (+0,61%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.794,34
    +236,69 (+0,47%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,40
    +0,11 (+0,16%)
     
  • OURO

    1.775,20
    +11,40 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    43.000,78
    -1.027,73 (-2,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.078,27
    +14,42 (+1,36%)
     
  • S&P500

    4.375,89
    +18,16 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    34.163,76
    +193,29 (+0,57%)
     
  • FTSE

    7.003,43
    +99,52 (+1,44%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.111,25
    +101,75 (+0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2221
    -0,0226 (-0,36%)
     

Fabricante chinesa registra patente de celular com lentes intercambiáveis

·2 minuto de leitura

A pouco conhecida fabricante chinesa de smartphones Transsion registrou no seu país natal a patente de um celular com um módulo de câmera redondo e grande que sugere a possibilidade de ter câmeras removíveis. Se chegar ao mercado, isso indicaria um grande avanço ao atual modelo em voga, que é fixo e só permite acoplar acessórios, normalmente fabricados por empresas terceiras, com outros tipos de lentes.

O site holandês LetsGoDigital descobriu que a patente foi registrada na Administração Nacional de Propriedade Intelectual da China (CNIPA) em 16 de março, mas a documentação com cerca de 40 esboços de produtos entrou na documentação nesta terça-feira (7).

A câmera traseira traria quatro lentes em um arranjo quadrado e projetado de forma mais protuberante. O esboço mostra como ficaria o celular com e sem o módulo de câmera. Neste último (à direita na imagem abaixo), vemos como fica o corpo sem elas, e percebe-se quatro furos para encaixar a peça.

O site diz que a documentação não explica as vantagens deste conceito destacável, mas podemos especular que com ele seria possível dar mais versatilidade às fotos, trocando uma lente convencional, de 50 mm, por uma telefoto para aproximar objetos a distância, só para ficar em um exemplo. Outra suposição é a habilidade de usar o celular como um disparador remoto, deixando o módulo separado do corpo e mais perto do objeto a ser clicado.

Patente de celular com lente intercambiável (Imagem: Reprodução/Transsion)
Patente de celular com lente intercambiável (Imagem: Reprodução/Transsion)

No visual frontal, vemos na parte inferior da tela um pouco mais de borda, e um pouco menos no topo, apresentando ali o alto falante do telefone. O curioso é que não mostra a lente de câmera frontal, dando a entender que ela fica por baixo da tela ou deve aparecer como um módulo pop-up, que "entra e sai" do corpo do aparelho por meio de um mecanismo.

Por se tratar de uma patente, não sabemos ao certo se ele um dia ele verá a luz do dia. Mas recentemente outra fabricante chinesa, a Vivo, registrou uma patente do smartphone conceito Vivo IFEA, também com módulo de câmera destacável. Então, tudo indica que é uma ideia comum e neste momento em desenvolvimento pelo mercado de celulares.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos