Mercado fechado

Fábrica 'reciclava' e revendia preservativos usados; funcionários ganhavam cerca de R$1

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Prefeitura do Rio distribui 3 milhões de preservativos durante o Carnaval
Não se deve reutilizar preservativos, de acordo com autoridades de Saúde (Foto: Agência Brasil)

Uma fábrica no Vietnã que reciclava e revendia preservativos usados foi descoberta pela polícia local, na terça-feira (22). Segundo a mídia estatal local, a operação apreendeu 360 quilos do material, o equivalente a 345 mil unidades.

De acordo com as autoridades locais, uma mulher detida na operação afirmou que os preservativos usados eram fervidos em água antes de serem revendidos no mercado. Ela diz receber US$ 0,17 por cada quilo de preservativo reciclado. Isso equivale a cerca de R$ 1.

Leia também:

Ainda segundo as autoridades do sul da província de Binh Duong, não há estimativa de quantos preservativos reutilizados foram vendidos.

Autoridades de Saúde alertam que não se deve reutilizar preservativos, pois há uma série de riscos nesta prática. Entre eles estão a transmissão de DSTs e o risco de gravidez, por exemplo.