Mercado abrirá em 4 h 15 min
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,26
    +0,35 (+0,78%)
     
  • OURO

    1.805,40
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    18.972,20
    -96,29 (-0,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    376,68
    +6,93 (+1,87%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.616,18
    +27,98 (+0,11%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.117,50
    +41,50 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4079
    +0,0110 (+0,17%)
     

F1: Verstappen e Pérez trocam farpas após batida em Portugal

Redação Motorsport.com
·2 minuto de leitura

, realizado neste domingo (25). Com o incidente, o piloto mexicano teve que fazer uma corrida de recuperação. Enquanto Pérez precisou ultrapassar grande parte do grid para terminar em sétimo, Verstappen se manteve na briga pelas primeiras colocações após o toque e terminou na terceira posição e conquistou seu 40º pódio na carreira.

Após a corrida, ambos jogaram a culpa um para o outro ao falar sobre a batida. O piloto da Red Bull disse que tentou evitar o contato, já que estava com pouca aderência na pista, mas que o mexicano da Racing Point não lhe deu espaço suficiente.

Leia também:

Hamilton vence em Portugal e supera recorde de Schumacher na F1 Verstappen sobre pódio: “Acho que terminamos onde merecíamos”

“Tinha pouquíssima aderência. Tentei ficar fora de problemas e, claro, toquei com Sérgio. Ele não me deu muito espaço e tirou a si próprio”, disse Verstappen. “Depois disso, estava garoando e eu queria apenas me segurar na pista. Quando as coisas se estabilizaram, ultrapassei as McLarens, que tinham muita aderência na primeira volta, não sei como”, completou o holandês.

Pérez saiu quinta colocação e disse que buscou se aproveitar dessa condição, mas a batida atrapalhou seus planos.

“Foi uma primeira volta bem caótica. Dava para ver a Mercedes com dificuldades para aquecer os pneus e eu vi a oportunidade”, disse Pérez. “Dei espaço o bastante para Max, tocamos perto do fim da volta”, completou.

, da Renault, nas voltas 34 e 35.

“A briga com Esteban foi boa. Naquele momento, estávamos num sólido quinto lugar, mas faltavam informações sobre os pneus macios. O dianteiro esquerdo se desgastou demais”, disse Pérez.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Neste fim de semana, a F1 visita Portimão, para o GP de Portugal. E uma equipe que vem se destacando na temporada 2020 é a Renault, que vem mostrando muita consistência, com Daniel Ricciardo entre os seis primeiros nas últimas quatro provas. Pode ser uma boa aposta para o fim de semana hein? Quer saber mais? Confira o ThePlayer.com e não perca nada!

PÓDIO: Hamilton deixa Schumi para trás e chega à vitória 92; o debate sobre o agitado GP de Portugal

PODCAST: O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

Your browser does not support the audio element.