Mercado fechará em 59 mins
  • BOVESPA

    117.288,66
    +824,59 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.149,97
    -903,59 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,15
    +0,54 (+1,03%)
     
  • OURO

    1.843,60
    -7,30 (-0,39%)
     
  • BTC-USD

    30.482,20
    -1.533,00 (-4,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    613,33
    -26,59 (-4,16%)
     
  • S&P500

    3.797,52
    -52,10 (-1,35%)
     
  • DOW JONES

    30.633,89
    -303,15 (-0,98%)
     
  • FTSE

    6.567,37
    -86,64 (-1,30%)
     
  • HANG SENG

    29.297,53
    -93,73 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.635,21
    +89,01 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.311,00
    -174,50 (-1,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5176
    +0,0068 (+0,10%)
     

F1: Em meio à má fase da Ferrari, Leclerc celebra 4º lugar no grid

·1 minuto de leitura

A classificação para o GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 foi realizada neste sábado e um piloto surpreendeu ao aparecer no top-5 do grid para a corrida deste domingo. Trata-se de Charles Leclerc, que superou dificuldades com a Ferrari e sai do quarto posto na Inglaterra.

O monegasco, que já obteve um pódio improvável nesta temporada ao chegar em segundo no GP da Áustria, celebrou o resultado conquistado no treino classificatório em Silverstone. Leclerc disse estar "extremamente feliz” com o quarto lugar no grid.

Leia também:

Eliminado no Q2, Hulkenberg reconhece que não conseguiu extrair todo o potencial do carro Hamilton supera recorde que dividia com Senna após conquista da 91ª pole Hamilton supera Bottas e faz a pole do GP da Grã-Bretanha de F1

É a melhor posição de largada do piloto da Ferrari nesta temporada. Depois de fazer sete poles em 2019, Leclerc tinha obtido apenas uma sexta posição no grid em 2020, no GP da Hungria, em que terminou em 11º.

“Estou extremamente feliz. Não esperava estar em quarto para a corrida de amanhã, especialmente largando com os pneus médios”, explicou o piloto, que fez sua melhor volta no Q2 com compostos amarelos, de modo que terá a mesma estratégia dos líderes no domingo.

“Não estávamos muito confiantes, e foi muito bom tê-los feito funcionar”, afirmou Leclerc em relação aos pneus. “Parece que estamos bem para a corrida de amanhã. Acho que temos ritmo", projetou.

"Estamos destruindo os pneus muito rapidamente na comparação com os outros. Então, largar com os médios vai ajudar enormemente”, completou o monegasco, que verá seu companheiro alemão Sebastian Vettel largar do 10º lugar do grid em Silverstone.

Q4: Hamilton reina, Leclerc vai bem, Albon e Hulk ficam pra trás; o grid da Inglaterra