Mercado abrirá em 4 h 32 min
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,61
    +0,47 (+0,55%)
     
  • OURO

    1.837,20
    +5,40 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    35.273,21
    -302,43 (-0,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    812,65
    +569,97 (+234,87%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.654,18
    -311,37 (-1,25%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    14.508,00
    +81,50 (+0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1736
    -0,0164 (-0,26%)
     

Fórum Econômico Mundial é adiado por causa da variante ômicron

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Fórum Econômico Mundial foi adiado novamente, dessa vez em meio a preocupações com a variante ômicron. O encontro presencial ocorreria entre 17 e 21 de janeiro de 2022 em Davos, na Suíça, e agora está previsto para o início do verão no hemisfério norte, que começa no final de junho.

"As condições atuais da pandemia tornam extremamente difícil fazer um encontro mundial de forma presencial", afirmaram nesta segunda-feira (20) os organizadores. "Apesar dos rígidos protocolos sanitários da reunião, a transmissibilidade da ômicron e seu impacto nas viagens e na mobilidade tornaram o adiamento necessário."

Na data originalmente prevista para o encontro presencial, ocorrerão sessões virtuais, afirmam os organizadores.

O fórum, realizado tradicionalmente em janeiro em Davos, nos Alpes, reúne alguns dos principais líderes internacionais, além de grandes empresários e entidades.

"A cooperação público-privada avançou durante a pandemia e vai continuar em ritmo acelerado. Nós esperamos reunir líderes globais presencialmente em breve", afirmou em nota Klaus Schwab, presidente-executivo do Fórum Econômico Mundial.

O último encontro presencial do fórum foi em janeiro de 2020, meses antes de países do mundo inteiro estabelecerem políticas de distanciamento social para controlar a pandemia do coronavírus.

É a terceira vez que a reunião é adiada. No início deste ano, o encontro presencial, cujo tema central era "O Grande Recomeço", foi remarcado para maio de 2021.

O evento de maio, porém, foi cancelado devido às "circunstâncias trágicas que se desenrolam em todas as geografias", segundo comunicado da época. Seria a primeira reunião fora da Europa, em Singapura.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) não participou dos encontros virtuais —o último em que esteve foi o presencial, de 2020.

Em janeiro de 2021, o ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou de última hora sua participação no encontro virtual por causa de "assuntos internos", segundo a pasta. O ministro participaria do painel "Reparando o sistema de comércio internacional", que analisou possíveis respostas de indústrias e governos para tornar mais resiliente o comércio global após o choque de 2020.

Na mesma edição, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), participou do painel "Repensando cidades para um futuro pós-Covid", ao lado da prefeita da cidade americana de Atlanta, Keisha Lance Bottoms, que chegou a ser cogitada para vice na chapa do democrata Joe Biden.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos