Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,56
    +0,52 (+0,73%)
     
  • OURO

    1.763,50
    -11,30 (-0,64%)
     
  • BTC-USD

    35.475,25
    -2.275,13 (-6,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    881,13
    -58,82 (-6,26%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0490
    +0,0865 (+1,45%)
     

Fãs restauram versão estendida de filme de Super Mario com 20 minutos inéditos

·2 minuto de leitura

Quem diria que, 28 anos após o lançamento, a adaptação cinematográfica de Super Mario Bros. ressurgiria das cinzas com nada menos do que 20 minutos de conteúdo inédito. Considerado um cult trash dos anos 1990, o filme ganhou uma boa quantidade de cenas excluídas graças ao esforço dos fãs, que decidiram remasterizar esse conteúdo perdido.

Tudo começou quando, em 2019, uma fita VHS com o filme foi encontrada. Essa versão tinha 125 minutos de duração, diferente do corte que foi para os cinemas, que contava somente com 104. E, apesar de o material estar em baixa qualidade, isso não foi problema para os fãs, que dedicaram dois anos de suas vidas para recuperar o material e torná-lo assistível. E esse momento chegou.

Batizada de Morton Jankel Cut, em homenagem aos diretores do filme de 1993, ela traz algumas cenas estendidas e também alguns plots que não existiam no roteiro que foi lançado comercialmente. Exemplo disso é que, em determinado ponto da história, Mario e Luigi precisam lidar com uma empresa rival de encanadores que teria algum tipo de conexão com a máfia. Em outro momento, a dupla de heróis vai a uma boate e encontra mulheres seminuas dançando. Nada que fosse tornar o filme melhor, mas que muda um pouco o tom das coisas.

E a boa notícia é que esse trabalho de “arqueologia digital” está disponível na íntegra para celebrar o aniversário de 28 anos do filme, comemorado no último mês de maio. A equipe responsável pela restauração do conteúdo disponibilizou o Morton Jankel Cut no site Internet Archive para garantir que esse clássico não se perca nunca mais.

Documentário sobre restauro

Além disso, o grupo que remasterizou o filme ainda fez um documentário detalhando como foi todo o processo. Trata-se de uma versão comentada que explica não só como foi recuperar essas cenas perdidas, mas como foi fazer com que um material em péssima qualidade em um VHS perdido fosse convertido em um vídeo de qualidade bastante razoável nos padrões atuais.

O projeto foi comandado pelo cineasta Garrett Gilchrist, que já trabalhou em outras restaurações do gênero antes, como da animação O Cavaleiro das Arábias e algumas produções antigas dos Muppets. O trabalho ali foi tão minucioso que, além de reparar a sujeira e a própria cor da película, a trilha sonora foi toda reeditada para se adequar ao conteúdo e para cobrir as novas cenas. Para quem gosta desses detalhes de bastidores e de história da arte, é um prato cheio.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos