Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,22
    -0,08 (-0,11%)
     
  • OURO

    1.775,20
    -1,50 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    34.613,26
    +953,31 (+2,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    837,58
    +50,96 (+6,48%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    28.882,46
    +65,39 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.355,75
    +1,50 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8612
    -0,0011 (-0,02%)
     

Fã da SpaceX cria site para descobrir quando os satélites Starlink estarão visíveis em sua região

·3 minuto de leitura
Fã da SpaceX cria site para descobrir quando os satélites Starlink estarão visíveis em sua região
Fã da SpaceX cria site para descobrir quando os satélites Starlink estarão visíveis em sua região

Esta semana, a SpaceX completou a construção da primeira “camada” (shell) de sua constelação Starlink, com o lançamento do foguete Falcon 9 B1063 carregando 60 dos 1.737 satélites que agora fazem parte da rede. Não raro, entusiastas – até mesmo no Brasil – já registraram a passagem dos satélites pelo céu noturno. Mas como saber que os aparelhos sobrevoarão a sua região?

Um fã da SpaceX criou um site especificamente para isso. O Find Starlink (que também existe em versões para Android e iOS) permite que usuários escolham uma cidade em qualquer lugar do mundo para verificar quando e onde procurar os satélites Starlink.

O criador do projeto, que prefere permanecer anônimo, disse em entrevista ao site Businness Insider que lançou a página há dois anos para que ele, seu irmão e um amigo que mora em diferentes partes do mundo pudessem acompanhar o desenvolvimento da constelação. “O Find Starlink foi criado três dias após o primeiro lançamento (24 de maio de 2019) porque eu queria ver os satélites e nenhum dos sites existentes rastreou o Starlink naquele momento”, lembra o criador do projeto.

Leia também:

Desenvolvido em uma noite, o site recebeu meio milhão de solicitações nos primeiros cinco dias de lançamento. Para receber informações sobre a passagem dos satélites, basta selecionar um local, e uma lista de datas e horas aparece, informando onde procurar para localizar a passagem da constelação pela sua região.

O Find Starlink avisa aos usuários que a previsão do tempo e visibilidade não são 100% precisas, pois a órbita dos satélites pode mudar. “Prefiro manter as expectativas do usuário baixas, então diria ‘tente por sua própria conta e risco’ e ‘não me culpe se você esperou do lado de fora no frio e não viu nada'”, disse o criador.

O site se limita a descrever as órbitas dos satélites de quatro a cinco dias após a SpaceX lançar um novo lote do Starlink. De acordo com o criador do projeto, uma semana após o lançamento os satélites são menos reflexivos e mais difíceis de ver do solo – a SpaceX reduz o brilho dos aparelhos entre 300 km e 550 km de altitude para não atrapalhar observações astronômicas.

O que é a Starlink?

O projeto Starlink é voltado para telecomunicações, visando oferecer acesso rápido à internet em qualquer lugar do planeta. Atualmente, há 1.672 satélites do projeto em órbita. A meta da SpaceX é ter 1.680 na primeira fase de sua constelação. A empresa de Elon Musk espera oferecer cobertura no Brasil “no final de 2021”.

Antena Starlink em um telhado
O projeto Starlink deve oferecer internet rápida em qualquer lugar do planeta. Imagem: Shutterstock

O custo inicial para cada usuário da internet banda larga Starlink é de US$ 499 (R$ 2.630, na cotação desta quinta-feira, 20) pelos equipamentos e US$ 50 (R$ 263) para envio, além de US$ 99 (R$ 521) de mensalidade, mais taxas. Ainda é possível solicitar o serviço no site da empresa.

A companhia passou a aceitar pedidos antecipados no mês de fevereiro. Até o começo de maio, a SpaceX recebeu mais de meio milhão de solicitações de assinatura para o serviço de internet banda larga. A versão beta do serviço de banda larga Starlink atende, pelo menos, 10 mil usuários nos Estados Unidos e em outras regiões do mundo.

Via: Business Insider

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos