Mercado abrirá em 3 horas 1 minuto

Fábricas da Peugeot Citroën no RJ voltam a operar em 23 de junho

Gabriel Vasconcelos

As unidades localizadas na cidade de Porto Real, interior do Estado, ficaram três meses paradas em função da pandemia de covid-19 As duas fábricas do grupo PSA, dono da marca Peugeot Citroën, na cidade de Porto Real, no Estado do Rio de Janeiro, voltarão a produzir veículos e motores no próximo dia 23 de junho. As unidades do interior do Rio ficaram três meses paradas em função da pandemia de covid-19.

O comunicado emitido nesta quarta-feira (17) fala em “retomada gradual e segura da produção”, com “medidas de proteção reforçadas” e implementadas antes mesmo do reinício das atividades e auditorias sobre o processo no polo industrial.

Com as fábricas paradas, apenas um grupo pequeno de funcionários, ligado ao centro de distribuição e atividades administrativas, trabalha sob medidas de proteção.

“Desde a interrupção da produção em Porto Real, temos implementado um protocolo de saúde reforçado na unidade, com o apoio de nosso serviço médico e em estreita colaboração com nossos parceiros sociais. Graças a esse esforço coletivo, validado por uma auditoria realizada no local, poderemos retomar a fabricação de veículos e motores nesta unidade de maneira gradual e segura”, disse, em nota, o diretor do polo industrial da Peugeot Citroën no Brasil, Itamar de Souza.