Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.382,83
    -41,25 (-0,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Fábrica de iate de luxo tem resultado recorde e vê alta na procura por barco de US$ 10 milhões

·1 min de leitura
*ARQUIVO* ITAJAÍ, SC - 02.10.2020 - ESTALEIRO DE IATE DE LUXO. Iate de luxo em construção em Itajai SC, da Azimut. Mercado de iates de luxo cresceu na pandemia. Linha de produção de iates com trabalhadores no estaleiros. (Foto: Anderson Coelho/Folhapress)
*ARQUIVO* ITAJAÍ, SC - 02.10.2020 - ESTALEIRO DE IATE DE LUXO. Iate de luxo em construção em Itajai SC, da Azimut. Mercado de iates de luxo cresceu na pandemia. Linha de produção de iates com trabalhadores no estaleiros. (Foto: Anderson Coelho/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A resistência do mercado de luxo à crise segue forte na indústria de iates.

No Grupo Azimut-Benetti, o balanço do último ano náutico, que mostra os números de agosto de 2020 ao mesmo mês de 2021, a fábrica brasileira registrou seu faturamento recorde em uma década. Ficou em torno de R$ 300 milhões, segundo a empresa.

É alto se comparado ao total de vendas desde 2010, quando foi instalada a filial brasileira, que fica casa de R$ 1,2 bilhão com embarcações feitas no país. A entrega de um barco do tipo pode levar até dois anos, a depender da fila de demanda, que cresceu desde o início da pandemia com novos compradores e clientes antigos em busca de modelos maiores e mais tecnológicos.

O interesse é forte nos iates de grande porte, como o Azimut 27 Metri, o maior modelo produzido no Brasil, com fibra de carbono, que custa cerca de US$ 10 milhões e já teve oito unidades vendidas para clientes brasileiros em pouco mais de dois anos.

Já o Atlantis 51, considerado o modelo de entrada da marca italiana, com design mais esportivo e velocidade maior, que começa a ser produzido no Brasil, vai dobrar a produção total do estaleiro aqui nos próximos três para atender o aumento da demanda local e da exportação para 80 países. A empresa diz que elevar de 400 para 600 o número de funcionários.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos