Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,53
    -0,88 (-0,98%)
     
  • OURO

    1.793,00
    -5,10 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    24.128,25
    -271,78 (-1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    572,75
    -18,01 (-3,05%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.833,99
    -37,79 (-0,13%)
     
  • NASDAQ

    13.663,00
    -18,25 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1785
    0,0000 (0,00%)
     

Fábrica do Butatan vai retomar produção da CoronaVac, focando nas crianças

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Com a aprovação do uso da vacina CoronaVac em crianças a partir dos 3 anos, a fábrica do Instituto Butantan deve voltar a funcionar nas próximas semanas. A ideia é que a retomada da produção do imunizante contra a covid-19 seja direcionada para a campanha de vacinação infantil.

Neste primeiro momento, o Butantan deve importar 8 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) — a matéria-prima da vacina contra a covid-19 — da farmacêutica Sinovac, vindos da China. O lote importado deve garantir a fabricação de 10 milhões de doses da CoronaVac.

Para vacinar crianças contra a covid, Butantan retoma a produção da CoronaVac no Brasil (Imagem: Twenty20photos/Envato)
Para vacinar crianças contra a covid, Butantan retoma a produção da CoronaVac no Brasil (Imagem: Twenty20photos/Envato)

Segundo o governo do estado de São Paulo, a importação do IFA da CoronaVac deve levar algumas semanas, mas a previsão que é que as primeiras doses da vacina para as crianças estejam disponíveis no mês de agosto.

CoronaVac deve ser usada apenas em crianças?

De acordo com a Agência Brasil, a decisão de São Paulo por retomar a produção da CoronaVac busca ampliar e acelerar a imunização de crianças a partir de 3 anos em todos os municípios do estado. Entre aquelas com 5 a 11 anos, mais de 6,1 milhões já receberam algum imunizante contra a covid-19, sendo que 66,3% estão com o esquema vacinal completo (duas doses).

E as doses de reforço?

No momento, o Ministério da Saúde não recomenda o uso da CoronaVac como dose de reforço. Para a terceira e quarta aplicação, a orientação é que sejam usadas um das outras três vacinas disponíveis no país:

  • Pfizer;

  • AstraZeneca/Fiocruz;

  • Janssen (Johnson & Johnson).

Dessa forma, a retomada da produção de vacinas pelo Butantan deve se destinar exclusivamente à campanha de imunização contra a covid-19 em crianças. Até o momento, a Saúde não firmou novos acordos de compra com o instituto.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos