Mercado fechará em 2 h 4 min
  • BOVESPA

    130.188,52
    +747,49 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.287,82
    +1,36 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,97
    +0,06 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.866,10
    -13,50 (-0,72%)
     
  • BTC-USD

    40.188,72
    +2.822,37 (+7,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.004,11
    +35,27 (+3,64%)
     
  • S&P500

    4.236,10
    -11,34 (-0,27%)
     
  • DOW JONES

    34.226,67
    -252,93 (-0,73%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.062,25
    +68,00 (+0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1411
    -0,0515 (-0,83%)
     

Exynos 2200 com AMD e Snapdragon 895 devem ser fabricados em 4 nm pela Samsung

·3 minuto de leitura

Desde o anúncio em janeiro, o próximo chipset da família Exynos já chama a atenção por ser o primeiro a adotar uma GPU desenvolvida em parceria com a AMD. Prometendo entregar nível de desempenho gráfico exemplar, a plataforma já está garantida para equipar o próximo topo de linha da marca, mas ainda não se sabe exatamente a qual modelo a Samsung se refere.

O sucessor do Snapdragon 888, de codinome "Waipio" e conhecido até o momento como Snapdragon 895, também ganhou espaço entre as notícias desde o anúncio dos novos núcleos completamente redesenhados da ARM. Rumores indicavam que o Waipio trocaria a Samsung pela TSMC, adotando a litografia de 4 nm da fundição taiwanesa para fabricação. No entanto, um novo rumor sugere que esse não deve ser o caso.

Exynos 2200 e Snapdragon 895 serão fabricados em 4 nm

Segundo fontes do leaker Mauri QHD, que conta com um histórico relativamente confiável, a divisão de semicondutores da Samsung será a responsável não apenas pela fabricação do Exynos 2200, como também do Snapdragon 895. Ambos de fato utilizariam a litografia de 4 nm da empresa para fabricação, ou quase isso, já que o processo não seria exatamente de 4 nm.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ainda de acordo com as informações, a Samsung teria renomeado o processo de 5 nm de terceira geração, o 5LPA, para 4LPE, a primeira geração de 4 nm. A decisão partiria do desempenho similar das duas litografias, com 4 nm sendo uma escolha de nome mais inteligente para chamar a atenção de eventuais clientes e do público.

Caso se comprove, a escolha da Qualcomm não será tão animadora assim, se considerarmos que os processos equivalentes da TSMC costumam ter uma vantagem significativa sobre as soluções oferecidas pela Samsung. De qualquer maneira, a litografia 4LPE deve trazer melhorias sobre o atual 5LPE de 5 nm presente no Exynos 2100 e Snapdragon 888.

AMD Radeon do Exynos deve vencer com folga o A14 Bionic

Independente do processo em que será fabricado, o Exynos 2200 promete ser uma opção extremamente robusta e potente, devendo superar os rivais com folga. O principal destaque do chip será justamente a GPU AMD Radeon, confirmada recentemente para contar com a microarquitetura RDNA 2, mesma presente no PS5 e Xbox Series X|S, bem como suportar Ray Tracing.

A AMD Radeon do Exynos 2200 pode chegar a ser até 70% mais rápida que a GPU do A14 Bionic (Imagem: Reprodução/SparrowsNews)
A AMD Radeon do Exynos 2200 pode chegar a ser até 70% mais rápida que a GPU do A14 Bionic (Imagem: Reprodução/SparrowsNews)

Registros de testes vazados do Geekbench em janeiro revelam que a próxima plataforma da Samsung deve abalar o mercado de smartphones, chegando a entregar cerca de 70% mais desempenho gráfico que o A14 Bionic, chipset da Apple que equipa a família iPhone 12.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: