Mercado fechará em 1 h 50 min
  • BOVESPA

    111.297,95
    +625,20 (+0,56%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.434,75
    +32,05 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,58
    +0,62 (+0,75%)
     
  • OURO

    1.787,50
    +17,00 (+0,96%)
     
  • BTC-USD

    66.272,62
    +3.087,87 (+4,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.543,35
    +62,55 (+4,22%)
     
  • S&P500

    4.533,19
    +13,56 (+0,30%)
     
  • DOW JONES

    35.624,07
    +166,76 (+0,47%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.393,00
    -5,50 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4648
    -0,0314 (-0,48%)
     

Exynos 1200 passa pelo Geekbench sem GPU da AMD

·1 minuto de leitura

A Samsung pode, em breve, lançar um sucessor para o Exynos 1080 e apresentar ao mercado o Exynos 1200. O suposto componente passou por testes no Geekbench e teve parte de suas especificações reveladas.

Com base na listagem do Geekbench, podemos ver que o próximo chipset da Samsung contará com núcleos ARM v8 e que sua placa gráfica deve ser uma Mali-G68, também da ARM. Isso pode ser recebido com uma surpresa, já que outros rumores até agora sugerem que a Samsung poderá começar a utilizar placas gráficas da AMD e que essa parceria poderia já beneficiar o sucessor do Exynos 1080, chegando a modelos mais premium da família Galaxy A.

Quanto ao teste, o suposto Exynos 1200 com GPU Mali atingiu a marca de 759 pontos no desempenho de um único núcleo e 1878 com todos seus oito núcleos. A plataforma móvel da Samsung foi listada com frequência base de 2 GHz e máxima de 2,40 GHz.

(Imagem: Geekbench/SamMobile)
(Imagem: Geekbench/SamMobile)

Para quem não está familiarizado, a Samsung equipa boa parte dos celulares Galaxy com seus próprios chipsets. Não é o caso, porém, do Exynos 1080, que nunca chegou a ser utilizado pela sul-coreana em seus próprios smartphones, e, em vez disso, é disponibilizado para a chinesa Vivo Mobile, que o utilizou em modelos da linha X60 e também em seu recente Vivo X70 Pro. Da mesma forma, o Exynos 1200 pode ter o mesmo destino e nunca ser instalado em telefones Galaxy.

Por enquanto, não há informações sobre quando o Exynos 1200 será lançado, mas, dado o calendário do ano passado — que contou com a estreia do Exynos 1080 no dia 14 de outubro — não será surpresa se o novo chipset for anunciado daqui a algumas semanas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos