Exterior piora e juros voltam a ter viés de baixa

As taxas futuras de longo prazo até ameaçaram subir em reação à perspectiva de Selic menor em 2013, segundo apontou a pesquisa Focus, o que poderia exigir mais esforço do Banco Central para conter a inflação no futuro. Mas o movimento foi pontual e, durante a tarde, o mercado de juros retomou o viés de baixa, em linha com a piora do ambiente externo e diante das expectativas em torno da eleição norte-americana, nesta terça-feira (06). Por aqui, além da Focus, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) informou que o IPC acelerou para 0,80% em outubro, de 0,55% em setembro.

Assim, ao término da negociação normal na BM&F, a taxa do contrato futuro de juros com vencimento em janeiro de 2014 (50.950 contratos) marcava mínima de 7,32%, de 7,34% no ajuste. A taxa para janeiro de 2015, com 89.495 contratos, estava em 7,80%, também na mínima, de 7,83% na quinta-feira. Entre os vencimentos mais longos, o DI para janeiro de 2017 (95.055 contratos) apontava 8,52%, de 8,53%. A taxa do DI para janeiro de 2021 (4.375 contratos) indicava 9,14%, ante 9,16% no ajuste.

"O cenário externo acabou prevalecendo ao longo do dia e explica o viés de baixa das taxas. Além disso, na véspera da eleição nos EUA, a aversão ao risco ganhou um pouco de força", ponderou um profissional da área de renda fixa. "O quadro das eleições norte-americanas está completamente indefinido. E também não há consenso sobre qual resultado será melhor ou pior para os mercados", completou.

Internamente, a pesquisa Focus mostrou revisão em baixa das expectativas para a Selic em 2013. As instituições consultadas pelo BC projetam a taxa básica em 7,63% no ano que vem, de 7,75% uma semana antes. Para este ano, a expectativa segue inalterada em 7,25%. Mas o grupo formado pelas instituições que mais acertam as projeções, chamado de top five, já coloca a Selic em 7,25% também no próximo ano, fato que se repetiu pela quarta semana seguida. No que tange à inflação, as mudanças foram pontuais. Para o IPCA em 2012, a mediana das estimativas cedeu de 5,45% para 5,44%, de acordo com a Focus. Para o próximo ano, as perspectivas seguiram em 5,40%. A mediana das projeções suavizadas para o IPCA 12 meses à frente passou de 5,40% para 5,37%.

Já o IPC da Fipe, apesar da aceleração na comparação mensal, perdeu força em relação à terceira quadrissemana de outubro, quando foi de 0,84%. O resultado de 0,80% ficou levemente abaixo da mediana encontrada pelo AE Projeções, de 0,81%. Apesar disso, o coordenador do IPC da Fipe, Rafael Costa Lima, elevou de 4,80% para 5,00% a projeção para a inflação de 2012 na capital paulista.

De volta ao exterior, os dados conhecidos hoje também não foram positivos. Nos EUA, o índice de atividade do setor de serviços caiu para 52,4 em outubro, de 55,1 em setembro e abaixo das estimativas, de 54,5. E o índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços da China, medido pelo HSBC, caiu para 53,5 em outubro ante 54,3 registrado em setembro.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,2615+0,001+0,03%
    USDBRL=X
    3,6658+0,008+0,22%
    EURBRL=X
    0,8893-0,0016-0,18%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    11,020,000,00%
    ALPA3L.SA
    13,57+0,14+1,04%
    PETR4.SA
    8,34-0,03-0,36%
    ITSA4.SA
    3,43-0,01-0,29%
    GOAU4.SA
    35,52-0,07-0,20%
    ITUB4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    1,74+0,40+29,85%
    VTLM3.SA
    0,76+0,16+26,67%
    MYPK11.SA
    620,00+111,01+21,81%
    DOMC11.SA
    18,50+1,71+10,18%
    SSBR3.SA
    2,50+0,20+8,70%
    RCSL3.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    0,43-0,25-36,76%
    ALSC1.SA
    2,20-0,20-8,33%
    CTKA4.SA
    4,15-0,35-7,78%
    ENGI3.SA
    1,60-0,13-7,51%
    VVAR4.SA
    8,53-0,67-7,28%
    SANB4.SA