Mercado fechará em 1 h 42 min
  • BOVESPA

    128.058,90
    -1.206,06 (-0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.042,26
    -273,43 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,09
    -0,57 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.777,90
    -5,00 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    32.713,94
    +191,30 (+0,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    777,19
    -17,14 (-2,16%)
     
  • S&P500

    4.240,56
    +15,77 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    33.913,13
    +36,16 (+0,11%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.215,50
    +85,50 (+0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9586
    -0,0167 (-0,28%)
     

Expulsão de Liz Cheney reflete influência de Trump no Partido Republicano

·2 minuto de leitura

Nesta quarta-feira, os deputados do Partido Republicano devem destituir de seu cargo Liz Cheney, que atualmente preside a Conferência Republicana na Câmara dos Deputados. É o terceiro cargo mais importante da bancada, que exige gerir as reuniões coletivas dos parlamentares. A deputada, que é filha do ex-vice-presidente Dick Cheney (2001-2009), foi um dos nomes mais proeminentes a votar pelo impeachment de Donald Trump após a invasão do Capitólio, em 6 de janeiro. Trump pediu sua cabeça — ao que tudo indica os parlamentares vão entregá-la.

Antes de eleger um presidente populista, dois grupos ideológicos dominavam o partido. Um, mais tradicional, era o de liberais conservadores, em geral muito ligados ao comando de grandes empresas ou Wall Street, caso do senador Mitt Romney, também crítico proeminente de Trump. Outro, que ascendeu ao poder com George W. Bush, eram os chamados neoconservadores, que defendiam uma presença militar dominante dos EUA no mundo para distribuição de valores democráticos. Nomes marcantes neste grupo incluíam o senador John McCain, assim como o pai de Liz. Ela própria não é uma liberal — é uma neocon, que um dia representou a direita da legenda.

O pai de Romney, George, foi governador e senador, além de pré-candidato à presidência. Dois Bushes foram presidentes. Liz, como eles, representa estas dinastias que existem no Partido Republicano e que por décadas compuseram sua elite. Com a deposição da deputada, o sinal que os republicanos dão é um só: quem não for trumpista, mesmo após a derrota eleitoral, não deve ter voz como representante do partido. Críticas ao líder não são mais toleradas.

Mesmo após Trump deixar a Casa Branca, ele segue sendo percebido pelo comando do partido como a única visão de mundo capaz de levar a vitórias eleitorais. A tentativa de calar dissidentes, porém, ainda é divisiva e abriu uma guerra civil. E ela ocorre justamente quando os republicanos são minoria em ambas as casas do Congresso, estão fora do Executivo, e o presidente é um democrata que deseja uma transformação ousada na visão da função do Estado na sociedade. Ou seja: ao rachar o partido, a briga tira força da oposição e facilita a vida do governo Biden.

É, também, um sinal para o mundo a respeito do processo de crise da democracia. Movimentos populistas e autoritários de direita não perdem força política apenas com derrotas nas urnas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos