Mercado abrirá em 7 h 13 min
  • BOVESPA

    96.582,16
    +1.213,40 (+1,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.801,37
    -592,34 (-1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    36,29
    +0,12 (+0,33%)
     
  • OURO

    1.875,70
    +7,70 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    13.442,71
    -44,53 (-0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    263,52
    +20,84 (+8,59%)
     
  • S&P500

    3.310,11
    +39,08 (+1,19%)
     
  • DOW JONES

    26.659,11
    +139,16 (+0,52%)
     
  • FTSE

    5.581,75
    -1,05 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    24.580,22
    -6,38 (-0,03%)
     
  • NIKKEI

    23.186,32
    -145,62 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    11.203,50
    -139,25 (-1,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7517
    +0,0061 (+0,09%)
     

Exportadoras de commodities recuam com incertezas sobre economia global

Marcelle Gutierrez
·2 minutos de leitura

Pressionados por risco de menor demanda, papéis estão entre os com maiores perdas As incertezas sobre a retomada da economia global diante de novos casos de covid-19, principalmente na Europa, têm adicionado volatilidade ao desempenho das ações das exportadoras de commodities brasileiras. Nesta quinta-feira, esses papéis figuram entre os com maiores perdas, pressionados pelo risco de menor demanda e também por um movimento de ajuste, caso da CSN. Por volta das 11h30, CSN ON tinha uma das maiores quedas do Ibovespa, de 2,05%. Klabin units recuava 1,40%, Usiminas PNA, 1,33%, Gerdau PN, 0,58%, Metalúrgica Gerdau PN, 0,75%, e Suzano ON, 0,77%, enquanto Vale ON subia 0,25%. Minério de ferro Divulgação | CSN “No geral, [temos] um Ibovespa hoje com maioria das ações em alta e tom positivo. Mas há bastante volatilidade em alguns papéis, como commodities ligadas ao minério de ferro e celulose, com receito sobre a retomada da economia global e uma segunda onda de contaminações pela covid-19”, explica Paloma Brum, economista da Toro Investimentos. O preço do minério de ferro subiu 0,76% no porto de Qingdao, para US$ 114,67 a tonelada, nesta quinta-feira. Em setembro, no entanto, as perdas chegam a 7,87%. Um leve alívio para essas ações vem da alta do dólar nesta semana, de 3,82%. Ainda assim, essas ações concentram perdas no período. Suzano ON cai 7,35%, mesmo movimento de Usiminas PNA (-5,11%), Klabin units (-4,37%), CSN ON (-3,48%), Metalúrgica Gerdau PN (-2,22%) e Gerdau PN (-1,81%). A Vale ON, por outro lado, sobe 0,03%. No caso de CSN ON, o desempenho das ações desta quinta-feira concentra também um ajuste, após os papéis subirem XXX com a projeção de um Ebitda ajustado de R$ 9,75 bilhões em 2020 e a aprovação, pelo conselho de administração, da oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da CSN Mineração. Na terça-feira, CSN ON fechou em alta de 3,4%.