Mercado abrirá em 8 h 23 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,98
    +0,69 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.762,40
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    42.446,21
    -3.212,54 (-7,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.061,49
    -72,89 (-6,43%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.022,12
    -77,02 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    29.954,52
    -545,53 (-1,79%)
     
  • NASDAQ

    15.085,25
    +75,75 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2466
    +0,0019 (+0,03%)
     

Exportação de carne bovina brasileira bate recorde em agosto

·1 minuto de leitura
China e Hong Kong são os maiores exportadores da proteína brasileira. Foto: GettyImages
China e Hong Kong são os maiores exportadores da proteína brasileira. Foto: GettyImages
  • Exportação de carne bovina brasileira bateu recorde em agosto;

  • Crescimento veio após queda de exportações por três meses consecutivos;

  • China e Hong Kong são os principais destinos da proteína.

As exportações de carne bovina do Brasil bateram recorde mensal nos embarques totais em agosto. Com aumento de 11%, em relação ao mesmo período no ano passado, o valor atingiu 211,85 mil toneladas, segundo a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafigo).

Leia também

O crescimento veio após as exportações estarem em queda por três meses seguidos. De acordo com a nota do órgão, o Brasil se beneficiou da diminuição da oferta no mercado internacional, com a diminuição das exportações da Argentina, que combate a inflação, e da Austrália, onde o rebanho está debilitado por causa das secas e enchentes.

China e Hong Kong se mantêm como destino principal da carne bovina brasileira. Os países correspondem a 59% em receita e volume exportado. Logo depois vêm os Estados Unidos, que está entre os 20 primeiros importadores da proteína

Até agosto deste ano, o valor acumulado das exportações totais caíram 1% em relação ao ano passado. Contudo, a receita teve um aumento de 15%. Segundo o órgão, com base nos dados do Governo Federal, o Brasil embarcou 1.283.641 toneladas, rendendo U$ 6,26 bilhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos