Exportações de petróleo do Iraque caem em janeiro

Condições climáticas ruins nos terminais exportadores localizados no sul do Iraque e a explosão de um oleoduto no norte prejudicaram as exportações de petróleo daquele país em janeiro, segundo disseram neste domingo fontes próximas à Organização Estatal de Comercialização de Petróleo (Somo, na sigla em inglês).

As exportações de petróleo bruto totalizaram 2,359 milhões de barris por dia, ante 2,348 milhões de barris diários em dezembro, de acordo com pessoas familiarizadas com a situação. As exportações iraquianos de petróleo estiveram ao redor de 2,5 milhões a 2,6 milhões de barris por dia durante a maior parte de 2012.

O país exportou 2,095 milhões barris por dia de seus campos de produção no sul do país em janeiro, ante 2,023 milhões diários em dezembro. Cerca de 253 mil barris diários foram exportados dos campos ao norte pelo porto mediterrâneo de Ceyhan, em janeiro, ante 314 mil barris no mês anterior. Outros 11 mil barris diários foram transportados por caminhões para a Jordânia em janeiro, afirmaram as fontes.

As exportações do produto produzido no norte também caíram em janeiro em razão da suspensão as exportações, pela região semiautônoma do Curdistão, de cerca de 90 mil barris por dia.

Ashti Hawrami, ministro de Recursos Naturais do Governo Regional do Curdistão, disse na semana passada que a região pretende retomar as exportações de petróleo e condensados. Ele disse que os volumes exportados chegarão a cerca de 20 mil barris por dia de petróleo e de 10 mil a 15 mil barris de condensados diários. As informações são da Dow Jones.

Carregando...