Mercado abrirá em 2 h 51 min
  • BOVESPA

    111.183,95
    -355,84 (-0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.377,47
    +695,28 (+1,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,07
    -0,21 (-0,34%)
     
  • OURO

    1.713,60
    -2,20 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    49.368,95
    -1.497,53 (-2,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    991,02
    +3,81 (+0,39%)
     
  • S&P500

    3.819,72
    -50,57 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    31.270,09
    -121,43 (-0,39%)
     
  • FTSE

    6.608,60
    -66,87 (-1,00%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.930,11
    -628,99 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    12.628,75
    -53,00 (-0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7699
    -0,0088 (-0,13%)
     

Exportações do Japão têm em dezembro primeira alta anual em dois anos

Tetsushi Kajimoto
·1 minuto de leitura
Carros da Subaru aguardam para exportação em Yokohama, Japão

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - As exportações do Japão aumentaram pela primeira vez em dois anos em dezembro diante dos embarques para a China, mostraram dados do governo, oferecendo alguma esperança para as autoridades que contam com a recuperação liderada pelas exportações em meio ao ressurgimento do coronavírus.

A recuperação nas exportações pode diminuir o risco de uma recessão de duplo mergulho. Nesta quinta-feira o banco central do Japão deixou inalterada sua política monetária e melhorou a projeção econômica para o próximo ano fiscal.

Dados do Ministério das Finanças nesta quinta-feira mostraram que as exportações do Japão aumentaram 2,0% em dezembro na comparação com o ano anterior, contra expectativa de 2,4% em pesquisa da Reuters e após recuo de 4,2% no mês anterior.

Esse foi o primeiro aumento anual desde novembro de 2018.

Entretanto, em um sinal de preocupação, as exportações de carros caíram 4,2% no ano até dezembro, com os embarques para a União Europeia despencando 32,2%. A queda acontece no momento em que montadoras como Toyota Motor Corp e Nissan Motor Co Ltd devem cortar a produção de veículos neste mês devido à falta de semicondutores, conforme a demanda se recupera da crise do coronavírus.

Para todo o ano de 2020, as exportações de carros do Japão caíram 20%, maior queda desde que os embarques caíram em mais da metade durante a crise financeira global de 2009. Essa foi a principal influência para a queda de 11,1% das exportações no ano, mostraram os dados.

As importações caíram 11,6% no ano até dezembro, em linha com a expectativa, levando a um superávit comercial de 751 bilhões de ienes (7,25 bilhões de dólares).