Mercado fechado

Exportações canadenses de carne para China serão retomadas, anuncia Trudeau

Porcos em Saint-Thomas de Joliette, Canadá

As exportações de carne bovina e suína do Canadá à China, interrompidas em junho devido a uma crise diplomática entre ambos países, vão ser retomadas, anunciou nesta terça-feira (5) o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau.

"Boas notícias para os agropecuaristas canadenses: as exportações de porco e boi para a China serão retomadas", informou Trudeau através do Twitter, enquanto agradeceu ao embaixador canadense Dominic Barton e à indústria da carne do Canadá por "ter contribuído a reabrir este importante mercado".

No fim de junho, a China tinha pedido para o Canadá suspender imediatamente as exportações de carne para seu território após ter descoberto certificados de exportação falsos. Esta medida veio após a suspensão, dias antes, das importações de carne de porco de uma empresa canadense, com as autoridades chinesas alegando a descoberta de ractopamina, aditivo alimentar proibido na China, em uma remessa do país norte-americano.

Pequim já tinha bloqueado as importações dos principais produtores americanos de colza, sob argumento dde ter encontrado elementos "nocivos" em seus produtos.

As relações entre Ottawa e Pequim atravessam uma crise sem precedentes desde a prisão da executiva da gigante chinesa de telecomunicações, Meng Wanzhou, em 1 de dezembro, em Vancouver.

Após a prisão de Meng, as autoridades chinesas prenderam dois canadenses suspeitos de espionagem e condenaram outros dois à morte por tráfico de drogas. Pequim afirma que essas medidas não estão relacionadas ao caso da Huawei.

A China, o terceiro maior mercado de exportação de carne suína canadense, comprou cerca de 220.000 toneladas em 2019, o equivalente a cerca de US$ 373 milhões, segundo dados do governo canadense publicados em agosto.

"Gostaríamos de expressar nossa gratidão ao governo canadense por todos os esforços feitos em Ottawa e Pequim para encontrar uma solução para esse problema", disse Chris White, presidente do Canadian Meat Council, uma associação que representa os industriais do setor.