Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.575,54
    -2.558,71 (-6,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Exportações alemãs têm leve aumento em abril

·1 minuto de leitura
Porto de Hamburgo, Alemanha

BERLIM (Reuters) - As exportações alemãs aumentaram em abril, impulsionadas pelo crescimento do comércio com os Estados Unidos, sugerindo uma recuperação contínua na maior economia da Europa.

As exportações com ajuste sazonal aumentaram 0,3% no mês, após um aumento revisado para cima de 1,3% em março, informou a Agência Federal de Estatísticas da Alemanha nesta quarta-feira.

"Depois de 11 aumentos consecutivos, o setor de exportação pode pegar leve. Especialmente porque suas perspectivas continuam positivas", disse Alexander Krueger, do Bankhaus Lampe.

As exportações para os Estados Unidos aumentaram 59,9% em relação a abril do ano passado, logo após a Alemanha impor seu primeiro lockdown para conter o coronavírus.

No ano, as exportações para a China cresceram 16% enquanto os envios para o Reino Unido aumentaram 64%, o primeiro aumento desde o início do ano e da conclusão do Brexit, com a saída do Reino Unido da União Europeia.

As importações caíram 1,7% após um aumento de 7,1% no mês anterior, à medida que mais empresas alemãs relataram gargalos e aumento nos custos das matérias-primas.

"A escassez de materiais e a falta de produtos preliminares estão pesando na produção industrial", disse Thomas Gitzel, do VP Bank.

Pesquisa da Reuters apontava um aumento de 0,5% nas exportações e queda de 1,1% nas importações. O superávit da balança comercial foi de 15,9 bilhões de euros, ante 14 bilhões de euros em março.

(Por Riham Alkousaa)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos