Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.772,11
    +96,44 (+0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Exportações do agronegócio do Brasil em junho batem recorde de US$ 12 bi para o mês

·2 minuto de leitura
Soja em Campos Lindos

Por Nayara Figueiredo

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações do agronegócio brasileiro atingiram 12,11 bilhões de dólares em junho, recorde para o mês e alta de 25% no comparativo anual, impulsionada pelo aumento de 30,4% nos preços internacionais de produtos embarcados pelo país, informou o Ministério da Agricultura nesta terça-feira.

"Esse incremento nos preços, em virtude da recuperação econômica global, foi decisivo para o recorde do mês, já que houve queda de 4,1% no índice de quantum das exportações brasileiras", disse a pasta em nota.

Principal produto da pauta de exportação, a soja em grão registrou valor recorde de 5,30 bilhões de dólares (+23,4%) em embarques, mesmo com redução de 12,9% no volume exportado, de 11,1 milhões de toneladas.

O ministério também ressaltou o desempenho do setor de carnes, cujas exportações renderam 1,78 bilhão de dólares em junho (+26,6%).

"O incremento do valor ocorreu em função da elevação da quantidade exportada (+9,4%) como ao aumento médio do preço de exportação (+15,7%)."

A principal proteína animal exportada foi a bovina, com registros de 834,24 milhões de dólares (+12,7%). O volume, no entanto, caiu 6,7%, para 164 mil toneladas.

Em relação à carne de frango, as exportações subiram 45,8% para 636,26 milhões de dólares e 16,1% em volume, para 385 mil toneladas.

Já na carne suína houve registro recorde de exportações, com vendas externas de 268,31 milhões de dólares (+36,4%). A quantidade exportada também foi máxima histórica, com 107,2 mil toneladas (+12,9%).

O ministério ainda informou que as importações do agronegócio tiveram aumento de 54,2%, chegando a 1,28 bilhão de dólares. Desta forma, o saldo da balança comercial do agronegócio atingiu 10,8 bilhões de dólares.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos