Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,90 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,75 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +0,03 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +11,40 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    19.473,29
    +241,54 (+1,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,11 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,38 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    -0,75 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5595
    +0,0539 (+0,98%)
     

Exportação de gasolina e diesel pela China cai em abril, compra de GNL atinge mínima de 2 anos

Refinaria de petróleo no condado de Ju, China

(Reuters) - As exportações de gasolina pela China caíram um terço em abril em relação ao ano anterior, mas ficaram acima do esperado, já que as refinarias reduziram os estoques volumosos diante da queda da demanda doméstica sob os lockdowns contra Covid-19, mostraram dados da alfândega chinesa nesta quarta-feira.

Inicialmente esperava-se que as refinarias chinesas reduzissem as exportações de combustível em abril para evitar a escassez doméstica em meio à crise na Ucrânia, mas elas acabaram aumentando os embarques no exterior, já que as restrições da Covid-19 reduziram profundamente o consumo de combustível.

A China exportou 980.000 toneladas de gasolina no mês passado, mostraram dados da Administração Geral das Alfândegas, ante 1,16 milhão de toneladas em março e 1,47 milhão de toneladas no ano anterior.

As exportações de diesel totalizaram 530.000 toneladas, bem abaixo das 2,72 milhões de toneladas exportadas um ano antes e abaixo das 670.000 toneladas em março.

As vendas ao exterior de querosene de aviação, incluindo reabastecimento em aeroportos chineses para voos internacionais, aumentaram 46% no ano, para 960.000 toneladas, o maior volume mensal em dois anos.

As exportações totais de combustível refinado, incluindo combustível de bunker marítimo, caíram 44% em abril em relação ao ano anterior. As exportações nos primeiros quatro meses caíram 38% com a política de Pequim de reduzir o refino doméstico excessivo.

Os dados da quarta-feira também mostraram que as importações de gás natural liquefeito (GNL) pela China recuaram 34,5%, para 4,35 milhões de toneladas, o menor nível desde março de 2020. As importações de janeiro a abril caíram 17%, pois os importadores evitaram suprimentos globais caros.

A tabela abaixo mostra o comércio em detalhes, volumes em milhões de toneladas.

Exportação Abril y/y % Jan-Abril y/y % change

variação

Gasolina 0,98 -33,4 4,02 -38,7

Diesel 0,53 -80,6 1,61 -82

Combustível 0,96 46,4 2,96 31,4

de aviação

Importação Abril y/y % Jan-April y/y % change

variação

GNL 4,35 -34,5 21,59 -17,3

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos