Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.183,34
    -1.213,22 (-3,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Explosões são ouvidas perto da fronteira Síria-Iraque; rebeldes negam que tenham ocorrido dentro de base dos EUA

·1 min de leitura

DUBAI/AMÃ (Reuters) - A televisão estatal síria informou neste domingo que várias explosões foram ouvidas dentro de uma base dos Estados Unidos na região de Al-Tanf, perto da fronteira com o Iraque.

A informação foi negada, no entanto, por um comandante do grupo rebelde apoiado pelos EUA Maghawir al-Thawra, cujas centenas de combatentes trabalham com as tropas norte-americanas na base de Tanf. Maghawir al-Thawra disse que as explosões faziam parte de exercícios aéreos e terrestres conjuntos iniciados mais cedo nesta semana e não vieram de dentro da base.

A guarnição está localizada em uma área estratégica perto da fronteira da Síria com o Iraque, na região de Tanf, no cruzamento de uma importante rodovia que liga Bagdá a Damasco, a principal rota terrestre de fornecimento de armas de Teerã para a Síria e a poderosa milícia Hezbollah, do Líbano.

(Por Ahmed Tolba e Suleiman al Khalid)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos