Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.777,32
    -1.679,99 (-4,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Explorador chinês em Marte começa a percorrer o Planeta Vermelho

·1 minuto de leitura
Imagem divulgada pela Agência Nacional Espacial chinesa (CNSA) do rover chinês Zhurong na superfície de Marte

O veículo de exploração chinês em Marte saiu de sua plataforma de pouso e começou a explorar a superfície neste sábado (22), informou a agência estatal de notícias Xinhua, o que torna o país o segundo a pousar e operar um rover no Planeta Vermelho.

O lançamento em julho de 2020 da sonda Tianwen-1 a Marte, que levava o rover Zhurong, foi um marco no programa espacial chinês.

Tianwen-1 pousou há uma semana em uma vasta planície de lava no norte, conhecida como Utopia Planitia, e transmitiu suas primeiras fotos da superfície alguns dias depois.

A sonda e o rover de Marte devem passar aproximadamente três meses capturando imagens, coletando dados geográficos e recolhendo e analisando amostras de rochas.

O Zhurong, de seis rodas, impulsionado por energia solar e de 240 quilos, leva o nome de um mítico deus chinês do fogo.

A China já enviou astronautas ao espaço, sondas à Lua e fez um rover pousar em Marte, a missão mais prestigiosa na competição internacional pelo domínio do espaço.

Estados Unidos e Rússia são os únicos outros países que chegaram a Marte, e somente os EUA operaram um rover na superfície.

Várias tentativas americanas, russas e europeias de pousar rovers em Marte fracassaram, a última em 2016 com o pouso forçado da nave espacial conjunta russo-europeia Schiaparelli.

A última chegada bem-sucedida ocorreu em fevereiro, quando a NASA, a agência espacial americana, pousou seu rover Perseverance, que desde então está explorando o planeta.

dma/axn/pc/me/aa