Mercado abrirá em 12 mins
  • BOVESPA

    101.915,45
    -898,58 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -97,58 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,08
    +2,90 (+4,38%)
     
  • OURO

    1.787,40
    +10,90 (+0,61%)
     
  • BTC-USD

    57.032,20
    -407,33 (-0,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.467,07
    +24,29 (+1,68%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.150,65
    +91,20 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.376,00
    +225,50 (+1,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3918
    +0,0218 (+0,34%)
     

Explorador de arquivos com abas? App alternativo torna isso realidade no Windows

·2 min de leitura

O Explorador de Arquivos do Windows 11 evoluiu bem menos do que muitos gostariam — e ainda introduziu alguns problemas. Apesar disso, assim como aconteceu para o Menu Iniciar, desenvolvedores independentes criaram soluções alternativas: desta vez, o nome da opção é Files, um gerenciador de arquivos feito para atender as principais demandas em funcionalidades negligenciadas pela Microsoft.

O Files abraça o visual familiar do Explorador de Arquivos tradicional — com design Fluent e tudo mais —, mas reforça a experiência com as tão pedidas funcionalidades de navegabilidade e atalhos. A interface baseada em abas e opções exibidas em ícones maiores e mais visíveis, sem a “supersimplificação” de menus, são algumas das adições mais importantes do programa.

Files mostra que introduzir a navegação em guias no design Fluent não é uma missão impossível (Imagem: Reprodução/Files)
Files mostra que introduzir a navegação em guias no design Fluent não é uma missão impossível (Imagem: Reprodução/Files)

Ele não abre mão de quase nada que a Microsoft tenha introduzido no Windows 11, nem mesmo do menu de contexto retrabalhado — e isso é uma coisa boa. Quem adotar o explorador alternativo não vai se sentir usando uma gambiarra, que se livra das perfumarias visuais mais agradáveis; na verdade, os usuários vão ter tudo que o programa base já tem, mas com as ferramentas que o tornariam ainda mais útil.

Tudo que o Windows 11 trouxe de bom

Navegação com base em colunas, exibição em ícones enormes, modo escuro, novos ícones e ajustes finos no menu de configurações são algumas das funções que o Files também tem suporte. Os extras do app não param aí e vale baixá-lo para conferir tudo que ele pode oferecer, caso o Explorador de Arquivos nativo não atenda as suas necessidades.

O menu de contexto atualizado e os ícones retrabalhados do novo Explorador de Arquivos nativo estão presentes no Files, então o usuário familiar com o Windows se sentirá em casa no app (Imagem: Reprodução/Files)
O menu de contexto atualizado e os ícones retrabalhados do novo Explorador de Arquivos nativo estão presentes no Files, então o usuário familiar com o Windows se sentirá em casa no app (Imagem: Reprodução/Files)

Além de tudo, na mais recente atualização do Files (2.0.33) foi adicionada a capacidade de configurá-lo como gerenciador de arquivos padrão do Windows. Sendo assim, o sistema operacional pode sempre optar pelo programa alternativo na hora de abrir arquivos, em vez de escolher o app nativo.

Curtiu a proposta do Files e quer experimentá-lo? Felizmente, o download é bem fácil: procure por ele na Microsoft Store, clique em “obter” e depois “Instalar”. Depois disso, é só procurar por ele no Menu Iniciar para iniciar os ajustes iniciais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos