Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,02
    -0,06 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.778,10
    -5,30 (-0,30%)
     
  • BTC-USD

    32.842,38
    -1.024,13 (-3,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    787,24
    -22,96 (-2,83%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.908,33
    +91,26 (+0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.919,43
    +44,54 (+0,15%)
     
  • NASDAQ

    14.298,25
    +35,25 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9252
    -0,0033 (-0,06%)
     

Experimento holandês indica que grandes eventos podem ser organizados durante pandemia

·2 minuto de leitura
A competição musical Eurovision fez parte do experimento

É possível organizar grandes eventos sem distanciamento social, apesar da crise de saúde, mediante medidas que incluem a realização de testes PCR, aponta um estudo feito na Holanda e divulgado nesta quinta-feira.

As conclusões do experimento, chamado Fieldlab, que cobriu 24 eventos que reuniram no total mais de 60 mil pessoas, serão compartilhadas com o governo holandês e prometem "um verão muito agradável", segundo os organizadores, que falam em "dados excepcionais". "Analisamos quais medidas alternativas poderíamos propor para deixar de lado o distanciamento social e, ao mesmo tempo, manter os eventos seguros", disse Pieter Lubberts, gerente do programa Fieldlab.

Depois de vários confinamentos e mais de um ano sem grandes atrações, promotores de eventos e cientistas holandeses organizaram e analisaram vários eventos entre fevereiro e maio de 2021, incluindo o Eurovision e jogos de futebol. A partir dos dados obtidos, os organizadores definiram uma matriz de risco de acordo com o tipo de evento e a gravidade da situação sanitária.

Para cada "nível de risco", são recomendadas determinadas medidas sanitárias. Quanto maior o risco, mais rigorosas são as recomendações. "Acredito que, com os resultados que temos e que iremos apresentar ao governo, muitos festivais poderão ser mantidos, até mesmo com sua capacidade máxima", indicou Lubberts.

A Holanda registrou nas últimas semanas uma queda no número de infecções e hospitalizações, o que permitiu ao país relaxar as medidas e reabrir terraços e espaços esportivos. Os organizadores do experimento afirmam que cuidados como a apresentação de um teste PCR negativo e uma comunicação adequada serão suficientes para garantir a realização segura de grandes eventos no verão a plena capacidade, se a situação sanitária continuar melhorando.

A competição musical Eurovision fez parte da experiência. Um total de 3.500 espectadores testados puderam assistir às semifinais, à final e aos seis ensaios gerais em Rotterdã, o que representou 20% da capacidade da sala de espetáculos.

Desde o início da crise de saúde, no ano passado, a Holanda, que tem uma população de pouco mais de 17 milhões de habitantes, registrou mais de 1,5 milhão de casos de Covid-19 e mais de 17.000 mortes ligadas à doença. Seis milhões de doses de vacina foram aplicadas no país até o momento.

jcp/mas/af/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos