Mercado abrirá em 7 h 41 min

Expedição de papelão ondulado tem novo recorde, de 346 mil toneladas em agosto

Stella Fontes
·1 minuto de leitura

Produção desse tipo de embalagem subiu 8,1% na comparação anual e 3,2% ante julho, aponta ABPO As expedições de papelão ondulado no Brasil bateram novo recorde mensal em agosto, com 346 mil toneladas, de acordo com boletim estatístico divulgado nesta quinta-feira pela Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO). Naquele mês, a produção desse tipo de embalagem subiu 8,1% na comparação anual e 3,2% ante julho. Com um dia útil a menos que agosto de 2019, a expedição por dia útil saltou 12,3%, para 13,3 mil toneladas. Considerando-se os dados livres de influência sazonal, o crescimento nas expedições foi 2,1% em relação ao verificado em julho, para 333,8 mil toneladas, também o maior volume da série histórica iniciada em 2005. Com esse desempenho, a produção de caixas, chapas e acessórios de papelão ondulado acumula alta de 3,7% em 2020, a 2,44 milhões de toneladas. Paul Taggart/Bloomberg