Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    46.625,47
    -6,62 (-0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Expectativas crescentes da indústria elevam confiança empresarial da Alemanha

·1 minuto de leitura

BERLIM (Reuters) - O sentimento dos empresários alemães subiu muito mais do que o esperado em fevereiro, atingindo seu nível mais alto desde outubro, com o setor industrial impulsionando a maior economia da Europa apesar das restrições de lockdowns, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira.

O instituto Ifo disse que seu índice do clima empresarial avançou para 92,4, ante 90,3 revisados para cima em janeiro. Uma pesquisa da Reuters com analistas apontava para leitura de 90,5 em fevereiro. O resultado superou até a previsão mais alta da pesquisa.

"A economia alemã está robusta apesar do lockdown, principalmente por causa da forte economia industrial", disse o presidente do Ifo, Clemens Fuest, em um comunicado.

A leitura do Ifo mais forte do que o esperado mostrou que as empresas estão olhando para além do efeito de curto prazo das medidas de lockdown.

(Por Paul Carrel)