Expectativa de pressão sobre BC enfraquece iene

O iene segue enfraquecido na Ásia, diante das expectativas cada vez maiores de que o Banco Central do Japão (BoJ) seja pressionado pelo novo governo japonês a afrouxar a política monetária. O novo primeiro-ministro, Shinzo Abe, deve assumir o poder nesta quarta-feira.

O iene renovou a mínima em 20 meses mais cedo nesta terça-feira, com o dólar sendo negociado a 84,96 ienes, depois de Abe ter alertado explicitamente no domingo que o banco central do país deve estabelecer uma meta de inflação de 2%, caso contrário, a lei que rege a autoridade monetária poderá ser revista. Abe disse que espera que o BoJ considere uma meta de inflação de 2% no próximo encontro do comitê de política monetária, em janeiro.

O momentum de queda do iene, no entanto, foi minimizado pelo fato de muitos participantes estarem fora por causa do feriado de Natal em vários países, o que reduziu o volume de negócios. Às 9h57, o dólar caía a 84,78, de 84,84 ienes do fim da tarde de ontem em Nova York.

"Não creio que uma meta de inflação de 2% seja algo particularmente novo", disse o chefe para câmbio do HSBC em Tóquio, Kosuke Hanao. "O dólar já tem subido ante o iene com base nas expectativas de mais pressão sobre o BoJ. Isso não significa necessariamente que seja uma nova tendência", completou. Ainda assim, ele disse que a alta do dólar ante o iene pode trazer uma nova máxima nas próximas sessões, com dólar a 85,50 ienes. As informações são da Dow Jones.

Carregando...