Mercado abrirá em 1 h 6 min
  • BOVESPA

    115.062,54
    -1.118,01 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,38
    -0,23 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.774,30
    -20,50 (-1,14%)
     
  • BTC-USD

    47.956,50
    +443,80 (+0,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.234,21
    +37,00 (+3,09%)
     
  • S&P500

    4.480,70
    +37,65 (+0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.814,39
    +236,82 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.044,63
    +28,14 (+0,40%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.463,25
    -40,75 (-0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1446
    -0,0514 (-0,83%)
     

Existem vírus em outros mundos além da Terra?

·2 minuto de leitura

Em outros planetas, a vida poderia se formar a partir de blocos de construção diferentes do que conhecemos. Em outras palavras, seres alienígenas em mundos com composições muito diferentes da Terra poderiam apresentar formas que nem reconheceríamos como vida. Entretanto, em teoria, os vírus poderiam existir em qualquer lugar do universo onde exista vida.

A possibilidade de vírus em outros planetas veio em comentários de um astrobiólogo Paul Davies, após um estudo que apontou os mininetunos como exoplanetas que poderiam abrigar vida. Davies disse que alienígenas poderiam ser vida microbiana ou civilizações superavançadas, mas ele chama a atenção para o fato de que os vírus — ou algo que se pareça com os nossos vírus — podem ser até mesmo necessários para que a vida apareça em outros mundos.

Se os vírus são seres vivos ou não, ainda é um debate que ocorre entre os cientistas, mas Davies lembra que, de qualquer forma, eles "fazem parte da rede da vida", mesmo que a importância deles não seja muito conhecida. Eles podem ser considerados elementos genéticos móveis e, segundo alguns estudos, o material genético de alguns deles foi incorporado aos genomas de humanos.

Bacteriófago, vírus "devorador" de bactérias (Imagem: Reprodução/Y_tambe)
Bacteriófago, vírus "devorador" de bactérias (Imagem: Reprodução/Y_tambe)

Para o astrobiólogo, se houver vida celular em outros mundos, provavelmente haveria "toda a complexidade e robustez inerentes à capacidade de trocar informações genéticas". Ou seja, caso existam vírus ou algo semelhante, eles "existiriam para transferir informações genéticas entre eles".

Mas será que esses vírus alienígenas poderiam ser perigosos para os futuros astronautas humanos que vierem a explorar outros mundos no futuro? Para Davies, a resposta é "não", pois os "os vírus perigosos são aqueles que estão intimamente adaptados a seus hospedeiros". Isso significa que um vírus de outro mundo provavelmente não seria "nem remotamente perigoso" para nós, disse ele.

Além do mais, mesmo em nosso planeta, a maioria dos vírus são bons para nós, e não necessariamente causadores de doenças. Alguns deles, por exemplo, infectam bactérias e ajudam a manter as populações bacterianas sob controle, enquanto outros ajudam as plantas a sobreviver em solos extremamente quentes. “Acho que sem vírus, pode não haver vida sustentável no planeta Terra”, disse Daives.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos