Mercado abrirá em 2 h 22 min
  • BOVESPA

    110.235,76
    +1.584,71 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.808,21
    +566,41 (+1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    92,58
    +0,65 (+0,71%)
     
  • OURO

    1.806,10
    -7,60 (-0,42%)
     
  • BTC-USD

    24.485,00
    +1.443,97 (+6,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    576,23
    +45,01 (+8,47%)
     
  • S&P500

    4.210,24
    +87,77 (+2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.309,51
    +535,11 (+1,63%)
     
  • FTSE

    7.486,61
    -20,50 (-0,27%)
     
  • HANG SENG

    20.082,43
    +471,59 (+2,40%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.409,00
    +17,00 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2615
    +0,0151 (+0,29%)
     

Existe um vírus misterioso que nos protege da varíola dos macacos; entenda

A varíola dos macacos vem preocupando a população mundial, e para impedi-la de se alastrar, a medicina buscou duas vacinas usadas anteriormente contra a varíola: ACAM2000 e JYNNEOS. No entanto, testes revelaram que esses imunizantes não são baseados no vírus que se pensava, e um mistério passou a pairar sobre a questão.

Essas vacinas são baseadas em um vírus desconhecido que ninguém conseguiu identificar. Mesmo depois de 83 anos, ninguém sabe como, por que ou exatamente quando o patógeno apareceu, ou se ainda está em circulação. Os especialistas estimam que, se não fosse pela existência desse vírus tão misterioso, o atual surto de varíola dos macacos provavelmente se espalharia de maneira mais ligeira.

Por muito tempo, a ciência acreditou que o vírus responsável pela vacina da varíola era o bovino (cowpox), mas o vaccinia (nome usado para se referir ao vírus por trás desse imunizante) é outro vírus, de uma origem desconhecida. Foi só quando os cientistas testaram os anticorpos do vírus cowpox na vacina contra a varíola que descobriram se tratar de dois vírus totalmente diferentes.

Acontece que os poxvírus pertencem a uma família abrangente, que inclui dezenas de vírus. Existe, por exemplo, o grupo dos ortopoxvírus, onde entra o vírus da varíola como conhecemos. Só que nesse mesmo grupo, estão outros vírus de mamíferos, incluindo horsepox (cavalos), camelpox (camelos), buffalopox (búfalos), rabbitpox (coelhos), mousepox (camundongos), monkeypox (macacos) e raccoonpox (guaxinim).

Existe um vírus misterioso que nos protege da varíola dos macacos (Imagem: furmanphoto/envato)
Existe um vírus misterioso que nos protege da varíola dos macacos (Imagem: furmanphoto/envato)

Ou seja: o misterioso vaccinia é um vírus que pertence a esse grupo. Embora ainda não se tenha muitas informações, a ciência acredita que possa se tratar de um horsepox.

Em 2017, uma equipe internacional de cientistas liderada por Esparza descobriu uma vacina que havia sido fabricada na Filadélfia em 1902. Ao analisá-la, o grupo descobriu que a cepa era ligada a um vírus horsepox identificado na Mongólia em 1976. Tudo indica que a maioria das vacinas do século 19 e início do século 20 realmente foram feitas a partir de horsepox. É provavelmente graças a esse vírus que parte da população pode se proteger da varíola dos macacos hoje em dia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos