Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.321,50
    +2.776,13 (+5,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Executivo da Nike revela ter matado adolescente em briga de gangues nos Estados Unidos

·1 min de leitura


Lary Miller, presidente da Jordan Brand (marca do ex-jogador de basquete Michael Jordan), revelou ter cometido um homicídio em sua juventude. Em uma entrevista para a revista Sports Illustrated, o executivo da Nike disse ter atirado por vingança em um jovem de uma gangue rival na Filadélfia, Estados Unidos, em 1965, quando tinha 16 anos.

- Estávamos todos bêbados. Eu estava atordoado. Assim que comecei, eu pensei, 'Oh, m*** o que foi que eu fiz?'. Levei anos para entender o impacto real do que fiz - disse Larry Miller, agora com 72 anos.

- Isso estava me consumindo por dentro - completou.

O executivo cumpriu pena pelo assassinato de Edward White, de 18 anos, que foi motivada por uma espécie de retaliação à morte de um dos seus colegas de gangue. Miller disse juntou à gangue da Cedar Avenue, no oeste da Filadélfia, aos 13 anos. O crime ocorreu em 30 de setembro de 1965.

- Isso é o que torna as coisas ainda mais difíceis para mim, porque não foi por nenhuma razão. Por anos eu fugi disso. Tentei esconder e esperava que as pessoas não descobrissem - afirmou à Sports Illustrated.

Lary Miller disse que nunca mentiu sobre ter sido preso em entrevistas de emprego. Na carreira, o executivo da Nike já trabalhou na Kraft Foods e na Campbell Soups, além de ser ex-presidente do time profissional de basquete Portland Trail Blazers.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos