Mercado abrirá em 1 h 14 min
  • BOVESPA

    110.140,64
    -1.932,91 (-1,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.874,91
    -1.144,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,82
    -0,06 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.923,80
    -7,00 (-0,36%)
     
  • BTC-USD

    23.434,10
    -363,70 (-1,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,07
    -10,25 (-1,88%)
     
  • S&P500

    4.179,76
    +60,55 (+1,47%)
     
  • DOW JONES

    34.053,94
    -39,02 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.835,34
    +15,18 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.638,50
    -208,25 (-1,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5001
    +0,0104 (+0,19%)
     

EXCLUSIVO | TikTok explica como funciona a Sincronização Familiar

O TikTok lançou recentemente uma ferramenta chamada Sincronização Familiar, cujo objetivo é garantir a segurança dos jovens na plataforma. O foco é vincular as contas de pais e filhos, permitindo o acompanhamento da experiência de uso e a definição de quais conteúdos podem ser acessados.

A plataforma dos vídeos curtos tem um público predominantemente jovem, em especial crianças e adolescentes, por isso investe constantemente em medidas para tentar dar mais segurança para essas pessoas. São diretrizes da comunidade, políticas de conteúdo, ferramentas de proteção e apoio aos responsáveis no gerenciamento do acesso dos filhos.

No caso da Sincronização Familiar, a ideia é dar mais controle para pais e mães sem precisar criar atritos com os adolescentes maiores de 13 anos. Em vez de pedir para ver o celular a todo momento, os responsáveis podem apenas acompanhar, de modo menos invasivo, como o aplicativo está sendo usado para criar, se expressar e se divertir.

A Sincronização Familiar é uma ferramenta para permitir o controle dos pais sobre perfis de adolescentes no TikTok (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)
A Sincronização Familiar é uma ferramenta para permitir o controle dos pais sobre perfis de adolescentes no TikTok (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)

Como funciona a Sincronização Familiar?

Para entender melhor como a Sincronização Familiar pode ser útil no cotidiano familiar, o Canaltech conversou com a Head de Operações e Marketing do TikTok na América Latina, Kim Farrell. A especialista deu mais detalhes sobre o funcionamento técnico da ferramenta e comentou sobre a utilização correta.

Segundo Farrell, o recurso é ativado por meio de um QR code gerado no celular do adolescente. Basta que o pai, mãe ou tutor abram seu próprio aplicativo e escaneiem o código com a câmera para fazer sincronização das contas. Feito isso, todas as configurações de segurança e dados úteis serão compartilhados entre as contas, dando ao perfil dos pais/tutores a capacidade de ativar o modo restrito ou de ajustar medidas de privacidade.

"As contas dos pais ou responsáveis vinculadas à conta de um adolescente por meio da nossa ferramenta recebem uma notificação para que descubram mais sobre o apoio que os adolescentes gostariam de receber e sugestões de como abordar conversas sobre alfabetização digital e segurança", explica a executiva do TikTok.

A ferramenta de Sincronização Familiar permite aos pais definir questões como:

  • tempo de tela diário;

  • restringir apresentação de conteúdo que pode não ser apropriado para a idade do filho;

  • definir se o adolescente pode fazer pesquisa de conteúdo dentro da plataforma;

  • estabelecer se o perfil do filho pode aparecer como sugestão para outras pessoas; e

  • decidir quem pode comentar nos vídeos produzidos pelo adolescente.

Segundo a Head de Operações, uma das principais vantagens é sobre quais conteúdos podem ser pesquisados. Isso pode impedir o acesso a conteúdos indesejados como filmes e séries adultas ou pessoas que podem ser má-influência para os pequenos.

Como ativar a Sincronização Familiar?

O recurso pode ser acessado nas configurações do TikTok e precisa do celular do adolescente e dos pais (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)
O recurso pode ser acessado nas configurações do TikTok e precisa do celular do adolescente e dos pais (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)

O recurso de Sincronização Familiar pode ser ativado da seguinte maneira:

  1. Abra o aplicativo do TikTok no seu celular;

  2. Toque na guia Perfil, na barra inferior;

  3. Vá até o ícone do menu sanduíche (três traços paralelos);

  4. Toque em "Configurações e privacidade";

  5. Nas Configurações, busque pela opção Sincronização Familiar.

Se quiser sincronizar a conta do adolescente, precisará gerar o QR Code como "Pai/mãe" e escaneá-lo pelo celular do jovem. O vínculo será estabelecido e a conta escaneada passará a ter acesso aos dados do perfil do filho diretamente no seu próprio app, sem precisar usar novamente o aparelho dele.

Quais os diferenciais da Sincronização Familiar?

Kim Farell explica que o recurso, com tantos níveis de opções, é inovador e exclusivo do TikTok. "Nada é mais importante para nós do que a segurança da nossa comunidade, principalmente dos mais novos. A Sincronização Familiar é um recurso pioneiro no mercado e não medimos esforços em busca do aprimoramento das nossas ferramentas com foco na segurança de toda a nossa comunidade, sobretudo a mais jovem", analisa.

A porta-voz disse ter trabalhado junto à comunidade e à especialistas para oferecer a melhor experiência para todos na plataforma, sempre com foco na segurança. Não foi especificado se houve algum fato motivador para a implementação do recurso, então trata-se apenas de uma inovação recorrente da plataforma. O TikTok tem sido alvo de críticas nos Estados Unidos por conta de uma suposta inércia e nunca parou de trazer novidades para tentar suprir essa suposta lacuna.

Infelizmente, a plataforma não tem nenhum mecanismo de prevenção a contas alternativas dos jovens. Isso significa que os adolescentes podem deixar uma conta monitorada pelos pais e criar outra para usar "mais livremente", desde que tenha mais de 13 anos e siga as diretrizes da comunidade.

"O TikTok incentiva o diálogo aberto entre pais e filhos e reforça que qualquer conduta que esteja em desacordo com as nossas políticas seja reportado pelos canais disponíveis dentro do aplicativo. Vale lembrar que titulares de contas com menos de 16 anos de idade não podem utilizar mensagens diretas e o conteúdo dessas contas é inelegível para aparecer no feed 'Para você'", conclui Farell.

Questionado sobre quantas pessoas seriam beneficiadas pela Sincronização Familiar, o TikTok afirmou não revelar "dados regionalizados ou recorte demográficos". Ressaltou apenas que a comunidade possui mais de um bilhão de usuários, preza pela pluralidade e diversidade, além de tentar garantir a essas pessoas "um ambiente criativo, autêntico e seguro".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: