Mercado abrirá em 8 h 23 min
  • BOVESPA

    99.605,54
    -1.411,46 (-1,40%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.001,31
    -244,59 (-0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,67
    -0,90 (-2,27%)
     
  • OURO

    1.907,90
    -4,00 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    13.800,05
    +45,28 (+0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    272,83
    +11,54 (+4,42%)
     
  • S&P500

    3.390,68
    -10,29 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    27.463,19
    -222,21 (-0,80%)
     
  • FTSE

    5.728,99
    -63,02 (-1,09%)
     
  • HANG SENG

    24.720,80
    -66,39 (-0,27%)
     
  • NIKKEI

    23.410,76
    -83,54 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    11.536,75
    -51,25 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7193
    +0,0788 (+1,19%)
     

[Exclusivo] Testamos nova câmera de segurança da 99

Felipe Ribeiro
·5 minutos de leitura

Quem mora nas grandes metrópoles e faz uso constante dos aplicativos de carona sabe o quão complicada pode ser a vida de um motorista no dia a dia do trabalho. Por mais que os passageiros também estejam sujeitos a abusos, atitudes suspeitas e até mesmo delitos por parte dos condutores, a imprevisibilidade e os perigos acabam acompanhando esses profissionais durante toda a sua jornada.

Para mitigar eventuais problemas de segurança durante as viagens, a 99 criou a Câmera de Segurança 99, um aparelho que promete ajudar os condutores — e os passageiros, por que não — a terem viagens mais tranquilas e, dependendo da situação, terem a ajuda necessária para quaisquer eventualidades.

O Canaltech teve a oportunidade de testar o aparelho e fez algumas imagens para mostrar como é que ele funciona. Antes de falarmos do funcionamento e benefícios da câmera da 99, é importante ressaltar que a empresa nos cedeu as imagens em caráter de teste e para ilustrar a matéria. Tudo o que for gravado pela câmera nas viagens ficará guardado no centro de controle da 99 e só pode ser liberado mediante pedido judicial, ou caso as autoridades julguem necessário ver o material para possíveis investigações.

Simples e eficiente

A câmera de segurança da 99 é uma webcam tradicional capaz de gravar imagens e som por meio de capturas de frames. Sua instalação e comunicação com a central da 99 é feita por meio de uma conexão com a internet, ou seja, o motorista, para configurar o equipamento, precisará rotear seu sinal de rede para que ela possa transmitir os dados para a empresa. O manejo dos aparelhos, no entanto, é feita por uma oficina indicada pela 99.

Imagem: Captura de Tela/ Felipe Ribeiro
Imagem: Captura de Tela/ Felipe Ribeiro

Para alocar a câmera, utilizamos o retrovisor central do automóvel. Por ser pequena, ela não chega a atrapalhar a visibilidade do retrovisor, o que nos garantiu uma boa segurança na viagem e, como vocês poderão ver nas imagens que gravamos, ela consegue captar todo o veículo, uma vez que sua lente olho de peixe tem essa capacidade de angulação. Além disso, o motorista recebe um botão de emergência, que, quando acionado, ativa a gravação da corrida e dá um comando para a central da 99.

Big Brother da segurança

De acordo com a 99, antes de a viagem começar, o motorista precisa avisar ao passageiro que há uma câmera instalada. Esse processo, por si, já mitiga uma série de ações que possam ser perigosas, pois o passageiro pode cancelar a viagem sem custos e, assim, evitar maiores problemas. No aceite do cliente, porém, a viagem segue normalmente.

Para iniciar a gravação da corrida ou de qualquer momento em que haja uma situação de perigo, o motorista precisa acionar o botão de emergência que, por questões de segurança, estará localizada em uma parte que somente o condutor saberá. Por isso, o tratamento que descrevemos acima, assim que o passageiro entra no veículo, é fundamental. A câmera, aliás, conta com um alto-falante que pode ser acionado pela central da 99 para se comunicar com o motorista e com o passageiro para o caso de qualquer ocorrência.

Como vocês podem ver nas imagens, com exceção dos momentos em que o som fica um pouco picotado devido à conexão com a internet, o vídeo permite que a central veja absolutamente tudo o que acontece dentro do veículo. Se vocês repararem, há uma blusa vermelha que usamos como referência nos bancos traseiros para aferir a boa qualidade da imagem.

O som pode variar um pouco de qualidade devido à conexão, que prioriza, claro, o vídeo. Portanto, o motorista, além de trabalhar com mais tranquilidade, pode ativar a gravação deste dispositivo sempre que necessário.

Por mais simples que essa solução possa parecer, na prática ela pode ser das mais úteis quando pensamos em segurança. Uma pesquisa realizada pela 99 aponta que condutores com câmeras, que já estão à disposição dos profissionais desde julho deste ano, se sentem 27% mais seguros em comparação com os que não possuem o dispositivo.

(Imagem: Divulgação/ 99
(Imagem: Divulgação/ 99

Os testes com os motoristas foram realizados desde 2018 em São Paulo e em Porto Alegre. Hoje, com a expansão do serviço por parte da 99, profissionais de cidades como Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Manaus e Salvador também fazem uso da câmera que, é bom lembrar, não é obrigatória.

De acordo com a 99, durante os testes, que ocorreram durante todo o ano de 2019, as ocorrências diminuíram em 60%.

Proteção de dados

Além de prevenir eventuais ocorrências e proteger as pessoas durante a corrida, o sistema da 99 também permite maior colaboração com as autoridades, mas, em uma época em que os dados das pessoas nunca foram tão preciosos, pode haver um certo receio de motoristas e passageiros sobre o serviço.

Essa preocupação, segundo a 99, não precisa existir. Todas as imagens são armazenadas de acordo com as Políticas de Privacidade da 99 e com as Políticas de Reconhecimento Facial, em conformidade com a legislação vigente no Brasil. Ou seja, a 99 segue todas as leis aplicáveis, incluindo as questões referentes à proteção de dados.

As imagens ficam armazenadas na central 24 horas da 99 e não são acessadas ou distribuídas nem aos motoristas, nem aos passageiros. Contudo, para fins legais e de contribuição com as autoridades, elas podem ser compartilhadas.

Quanto custa?

A tecnologia é oferecida para instalação aos motoristas parceiros da 99 e tem preços acessíveis, principalmente se considerarmos os benefícios. Em função da pandemia do novo coronavírus, as câmeras não terão cobrança do valor semanal de manutenção, que é de R$ 9,99, mas o motorista deve arcar apenas com a taxa da instalação que vai de R$ 40 a R$ 60, dependendo da oficina autorizada. Além do serviço de monitoramento, esses valores cobrem danos na câmera ou troca por uma nova, caso necessário.

E você, amigo leitor? Se sente mais seguro em fazer uma corrida com uma câmera no automóvel? Deixe para nós nos comentários!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: