Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.667,78
    +440,32 (+0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.151,38
    -116,95 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,45
    +1,78 (+2,89%)
     
  • OURO

    1.804,00
    +6,10 (+0,34%)
     
  • BTC-USD

    48.864,47
    +784,68 (+1,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,60
    -35,32 (-3,48%)
     
  • S&P500

    3.925,43
    +44,06 (+1,14%)
     
  • DOW JONES

    31.961,86
    +424,51 (+1,35%)
     
  • FTSE

    6.658,97
    +33,03 (+0,50%)
     
  • HANG SENG

    29.718,24
    -914,40 (-2,99%)
     
  • NIKKEI

    29.671,70
    -484,33 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.314,00
    +122,00 (+0,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5705
    -0,0400 (-0,61%)
     

EXCLUSIVO-Ant irá separar unidade de dados de crédito; vê IPO em 2 anos, dizem fontes

Julie Zhu e Yingzhi Yang e Kane Wu
·2 minuto de leitura
Ant irá separar unidade de dados de crédito, dizem fontes

Por Julie Zhu e Yingzhi Yang e Kane Wu

(Reuters) - A Ant planeja desmembrar suas operações de dados de crédito ao consumidor, disseram pessoas com conhecimento do assunto, uma concessão a reguladores que deve ajudar a gigante chinesa a retomar sua enorme oferta inicial de ações.

Remover os dados de mais de 1 bilhão de pessoas é uma parte fundamental da reformulação dos negócios da Ant em resposta a uma repressão regulatória que resultou na suspensão repentina de sua oferta inicial de ações (IPO) de 37 bilhões de dólares que teria sido a maior da história, disseram as pessoas à Reuters.

O desmembramento da unidade de dados, junto com a conversão da Ant em uma holding financeira mais regulamentada, significará que a afiliada da gigante do comércio eletrônico Alibaba poderá prosseguir com o IPO em dois anos, disseram outras pessoas.

O plano de reestruturação da Ant, reportado pela Reuters na quarta-feira, pode aliviar os problemas regulatórios de seu bilionário fundador Jack Ma. As informações e classificações de crédito, como uma unidade separada, também estarão sujeitas à supervisão regulatória, disseram duas das fontes.

"A holding financeira da Ant receberá a licença do PBOC e poderá abrir o capital após a reformulação", disse uma das fontes, referindo-se ao banco central da China.

A Ant não quis comentar. O BC chinês, que está liderando os esforços regulatórios na reestruturação da Ant, não respondeu imediatamente ao pedido de comentários da Reuters.

A repressão regulatória ao império empresarial de Ma na China ocorreu após um discurso em 24 de outubro no qual ele atacou o sistema regulatório do país. A Ant suspendeu seu IPO poucos dias antes de sua estreia dupla no mercado em Hong Kong e Xangai.

Autoridades lançaram uma investigação antitruste no setor de tecnologia, com o Alibaba sendo alvo de grande parte do movimento, e pressionaram a Ant a renovar sua estrutura de negócios para colocá-la sob uma supervisão regulatória mais rígida. Ma não fez aparições públicas por três meses.

A regulamentação mais rígida planejada para a Ant dará à empresa um valor de mercado em linha com instituições financeiras, muito menor do que sua avaliação inicialmente prevista como uma fintech.

O preço das ações da Alibaba caiu 15% desde a suspensão do IPO, embora tenha recuperado grande parte de sua queda inicial, após Ma reaparecer e as perspectivas para a listagem da Ant melhoraram.

((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447764))

REUTERS PAL