Mercado abrirá em 2 h 7 min
  • BOVESPA

    110.140,64
    -1.932,91 (-1,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.874,91
    -1.144,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,27
    +0,39 (+0,51%)
     
  • OURO

    1.928,10
    -2,70 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    23.441,93
    -369,97 (-1,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,26
    -10,05 (-1,84%)
     
  • S&P500

    4.179,76
    +60,55 (+1,47%)
     
  • DOW JONES

    34.053,94
    -39,02 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.837,35
    +17,19 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.665,75
    -181,00 (-1,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4973
    +0,0076 (+0,14%)
     

Excel lança recurso que acaba com decoreba de fórmulas

A Microsoft anunciou uma melhoria no preenchimento automático do Excel para facilitar a inclusão de fórmulas. Com a mudança, o aplicativo passará a fazer sugestões de cálculos conforme o contexto da planilha, sem que você precise digitar manualmente os comandos.

O recurso lembra o autocomplemento da Pesquisa do Google: é só digitar o sinal de igual (=) em uma célula para o Excel sugerir algumas opções inteligentes. Esse sistema considera os arredores da célula para sugerir a soma de um intervalo ou a média de uma tabela de evolução mensal, por exemplo.

Segundo os desenvolvedores, por enquanto, o recurso funciona apenas em inglês e deve sugerir fórmulas mais simples como soma, subtração, divisão, média e multiplicação. A parte interessante é que as sugestões devem englobar também os possíveis intervalos, geralmente inseridos em uma mesma coluna ou linha.

Vale lembrar que a novidade é exclusiva do Excel para Web, portanto não espere usá-la no programa instalado no computador por enquanto. O gerenciador de planilhas pode ser acessado por qualquer pessoa pelo navegador, inclusive via celular, logo todos poderão desfrutar da novidade.

Embora seja algo inédito na Microsoft, a sugestão de fórmulas já existia no rival Google Planilhas há algum tempo. O Excel até tinha uma funcionalidade que otimizava a realização de cálculos, chamada AutoSoma, mas ela não era tão precisa e exigia a marcação da área desejada.

Reprodução sugerida de padrões

Outro recurso anunciado pela empresa é o Formula By Example, cuja funcionalidade otimiza a criação de colunas novas com dados de outras. Sempre que o serviço detecta um padrão, quando você está combinando informações de células anteriores, será recomendado o preenchimento automático da coluna seguindo o mesmo estilo.

É meio difícil de explicar na teoria o funcionamento, mas esse vídeo acima da Microsoft deixa bem clara a mecânica. A ferramenta deve economizar um tempão do usuário digitando coisas repetidamente.

Trazendo isso para um exemplo concreto: imagine que você tem uma coluna com o preço do produto e outra com a quantidade de vendas. A meta é descobrir quanto cada produto impactou no faturamento do final do mês. Ao preencher duas ou três células com o cálculo de multiplicação (preço do produto x quantidade vendida), o Excel identificará o padrão e o sugerirá para todas as células seguintes daquela coluna.

Pode parecer algo básico quando você tem três ou quatro linhas, mas imagine em planilhas com centenas ou milhares de entradas? Com poucas inserções manuais, o usuário poderá preencher tudo muito rapidamente.

Quando chegam os facilitadores de fórmulas do Excel?

Embora ambos os recursos tenham sido marcados como lançados pela Microsoft, a distribuição ocorre de maneira gradual para os usuários. Isso significa que é preciso aguardar mais alguns dias, caso tais novidades não estejam disponíveis na sua conta.

Recentemente, o aplicativo de planilhas e tabelas da Microsoft passou a suportar a inserção de imagens dentro de células. Essa novidade abriu mais possibilidades para o usuário criar relatórios e análises de maneira mais visual, com o apoio de artes e fotografias.

No dia 30 de junho, a empresa encerrou o suporte ao "Dinheiro no Excel", modelo de planilha personalizada para gerenciamento de finanças pessoais. Não foi dada uma justificativa oficial para a medida, mas é provável que a falta de uso tenha sido um motivador.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: