Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,22
    -0,08 (-0,11%)
     
  • OURO

    1.746,30
    -3,50 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    44.919,55
    +1.320,09 (+3,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.126,56
    +17,64 (+1,59%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    15.305,75
    +2,25 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2272
    +0,0022 (+0,04%)
     

Ex-presidente do BC Ilan Goldfajn é nomeado diretor para Hemisfério Ocidental do FMI

·2 minuto de leitura
Ilan Goldfajn em entrevista à Reuters ainda como presidente do BC

SÃO PAULO (Reuters) - O ex-presidente do Banco Central e atual presidente do conselho do Credit Suisse no Brasil, Ilan Goldfajn, foi nomeado diretor para o Departamento do Hemisfério Ocidental do Fundo Monetário Internacional, de acordo com comunicado divulgado pelo FMI nesta segunda-feira.

"A economia mundial vive um momento muito desafiador, agravado pela pandemia da Covid-19, e a oportunidade de colaborar a partir dessa posição no FMI me deixa entusiasmado", disse Ilan segundo comunicado separado do Credit Suisse.

A indicação de Ilan para assumir o lugar de Alejandro Werner, que já havia anunciado sua saída, foi feita pela diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva.

Ilan assumirá a chefia do departamento do FMI a cargo das relações com países membros nas Américas em 3 de janeiro de 2022.

"Estou muito feliz que Ilan fará parte do nosso time. Ele tem uma experiência notável nos setores público e privado e é altamente respeitado como acadêmico", disse Georgieva no comunicado do FMI.

"Seu histórico como autoridade monetária e comunicador, além do seu profundo conhecimento como executivo de finanças internacionais e sua familiaridade com o trabalho do Fundo serão de valor inestimável para ajudar nos países membros na região", afirmou ela.

Ilan foi presidente do BC de 2016 a 2019, no governo do ex-presidente Michel Temer. No setor privado, foi economista-chefe e sócio do Itaú Unibanco, sócio da Ciano Investimentos e sócio e economista da Gávea Investimentos.

Ele também trabalhou como assessor de várias organizações financeiras globais, incluindo Banco Mundial, Nações Unidas e FMI.

Para o lugar de Ilan no Credit Suisse, o banco anunciou Ana Paula Pessoa. Ela faz parte do Conselho de Administração do Credit Suisse Group AG e do Credit Suisse AG, desde 2018. Também é presidente do Conselho do Credit Suisse Bank (Europe) S.A., cargo que deixará para assumir o presidência do Conselho do Credit Suisse Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos