Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.371,48
    -690,52 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.092,31
    +224,69 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,84
    +0,41 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.784,10
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    51.758,78
    -3.385,74 (-6,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.194,54
    -48,51 (-3,90%)
     
  • S&P500

    4.134,98
    -38,44 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    33.815,90
    -321,41 (-0,94%)
     
  • FTSE

    6.938,24
    +42,95 (+0,62%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.761,00
    +10,75 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5422
    -0,1598 (-2,38%)
     

Ex-Malandrinha Vivi Fernandez diz que ganhou mais de meio milhão de reais com filmes pornôs: ‘Enfiei a faca logo’

·2 minuto de leitura

Capa de cinco revistas masculinas no auge da era das musas da televisão, a ex-Malandrinha e ex-bailarina do Gugu, Vivi Fernandez não tem do que se queixar. Aos 43 anos, hoje atriz de pegadinhas, ela conta que nunca teve problemas com a nudez. “Não bebia nada para fazer os ensaios e me soltar. Já sabia como era, as equipes sempre muito profissionais e focadas para sair um bom trabalho, que eu já tirava a roupa numa boa”, relembra.

Vivi esteve em revistas que duraram pouco tempo, como “Chique e Sensual” e “Sexy Premium”. O objetivo dela, que começou na TV como assistente de palco de Alexandre Frota, no programa “Galera”, da Record, em 2003, era sair na capa da “Playboy”. “Não era só pela grana, que de fato era boa. Mas era um sonho, até pelo meu ego mesmo. Uma questão de honra. Quando fiz a ‘Sexy Premium’, pensei ‘agora babou. eles não vão me chamar’. Mas aconteceu em 2009”, revela.

Foi o último ensaio de Vivi, que jjá havia feito um bom pé de meia com os cachês que recebia e também com filmes pornôs. Ela entrou para a indústria de filmes adultos em 2005, atuando sempre com o namorado da época, Hugo Mark. Ao contrário do que se pensa, a atriz recebeu uma bolada. “Eu ganhei muito, muito muito bem, por isso aceitei fazer. Ganhei bem mais de meio milhão. bem mais mesmo. Se fosse hoje, pediria mais um cadinho, que eles teriam pago. Tem que ser boa a grana, porque é muito exposição, você não sabe se vai fazer outra coisa de novo, então meti a faca mesmo. E foi bom para todo mundo”, justifica ela em entrevista ao “Clube da Vip”.

Solteira, Vivi diz que se relacionar hoje em dia é difícil porque muitos namorados querem reproduzir no dia a dia as cenas dos filmes. “Era um ciúme dos homens do meu ex, porque diziam que com ele eu fazia. Mas não entendiam que num foilme existe uma luz, um roteiro. Então, pega esse Rivotril litrão e tchau”, observa, a atriz de 43 anos, que entrou em fevereiro para o Only Fans, onde posta, por R$ 19,90 ensaios sensuais, mas como frisa, nada de nudes.