Mercado fechado

Ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo também espera ser solto após decisão do STF

Marcos de Moura e Souza

O ex-tucano foi condenado pelo Tribunal de Justiça por crimes relacionados ao chamado esquema do mensalão mineiro Preso desde maio do ano passado, o ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo espera ser solto a qualquer momento devido à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu como inconstitucional a prisão antes do julgamento do último recurso.

Ruy Baron/Valor/Arquivo

Azeredo foi condenado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais por crimes relacionados ao chamado esquema do mensalão mineiro.

De acordo com a Justiça, recursos públicos foram desviados para ajudar a financiar a campanha à reeleição de Azeredo em 1998, quando ele era então dos principais governadores do PSDB no país.

Azeredo alega inocência e seus advogados têm ainda a possibilidade de reverter o resultado em instâncias superiores.

"Já fizemos o pedido de soltura ontem mesmo", disse nesta sexta-feira um dos advogados do ex-governador Castellar Guimarães Neto. "Estamos aguardando o despacho do juiz da vara de execuções", acrescentou.