Mercado fechará em 2 h 53 min
  • BOVESPA

    110.237,53
    +1.749,65 (+1,61%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.762,19
    +243,89 (+0,47%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,82
    -0,46 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.848,60
    +6,50 (+0,35%)
     
  • BTC-USD

    30.105,97
    +133,68 (+0,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    676,86
    +1,98 (+0,29%)
     
  • S&P500

    3.959,81
    +58,45 (+1,50%)
     
  • DOW JONES

    31.839,67
    +577,77 (+1,85%)
     
  • FTSE

    7.513,44
    +123,46 (+1,67%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    11.972,25
    +131,50 (+1,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1212
    -0,0316 (-0,61%)
     

Ex-Fed diz que BC americano precisa parar de ‘dourar a pílula’

(Bloomberg) -- Bill Dudley, ex-presidente do Federal Reserve Bank de Nova York, disse que o banco central dos EUA deveria parar de “dourar a pílula” em sua mensagem sobre quão alto os juros precisam subir – e quanta dor isso causará – para manter a inflação sob controle.

“Acho que é de 4 a 5 (por cento) ou mais”, disse Dudley em entrevista à Bloomberg na quarta-feira sobre o nível de juros necessário para esfriar as pressões de preços. “Eu teria dito de 3 a 4 talvez seis meses atrás. Agora diria 4 a 5 e não descarto dizer 5 a 6 daqui a alguns meses”, disse Dudley, que é colunista da Bloomberg Opinion e consultor sênior da Bloomberg Economics.

Dados divulgados nesta quarta-feira mostraram que os preços ao consumidor subiram mais do que o esperado em abril, com o núcleo da inflação, que exclui alimentos e energia, registrando alta de 0,6% em relação ao mês anterior e 6,2% em relação a abril de 2021.

O Fed elevou juros em meio ponto percentual na semana passada, para uma meta de 0,75% a 1%, e o presidente Jerome Powell sinalizou que aumentaria em quantias semelhantes nas próximas duas reuniões, deixando a porta aberta para fazer mais, se necessário.

As autoridades dizem acreditar que podem levar a economia a um pouso suave e evitar uma recessão ou um aumento acentuado na taxa de desemprego, mas Dudley argumenta que esta mensagem pode fazer mais mal do que bem.

“O Federal Reserve precisa apertar a política monetária o suficiente para desacelerar a economia e elevar a taxa de desemprego. Isso é o que é necessário e acho que o Federal Reserve deveria ser mais direto ao explicar isso ao público americano”, disse Dudley. “Se você começa a dourar a pílula, as condições financeiras não ficarão tão apertadas e você também corre o risco de que as pessoas percam a confiança no Federal Reserve.”

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos