Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.602,59
    -1.465,95 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.165,74
    +439,78 (+0,87%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    -0,51 (-0,71%)
     
  • OURO

    1.801,90
    +3,90 (+0,22%)
     
  • BTC-USD

    17.232,51
    +421,50 (+2,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    406,19
    +11,50 (+2,91%)
     
  • S&P500

    3.956,61
    +22,69 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    33.695,12
    +97,20 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.472,17
    -17,02 (-0,23%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.614,50
    +105,00 (+0,91%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4947
    +0,0283 (+0,52%)
     

Ex-CEO do Google diz que esta criptomoeda é melhor que o Bitcoin

Eric Schmidt, CEO do Google/Alphabet entre 2001 e 2020.
Eric Schmidt, CEO do Google/Alphabet entre 2001 e 2020.

O ex-CEO do Google, Eric Schmidt, falou sobre o potencial da Web 3.0, ou Internet descentralizada, que pode ser baseada em criptomoedas, e fez um alerta para os participantes do setor.

O executivo disse que a criptomoeda Chainlink tem “tecnologia melhor” que outras criptomoedas como bitcoin e ethereum.

Vale lembrar que Schmidt é consultor estratégico da iniciativa de pesquisa Chainlink Labs, com sede em São Francisco, que usa a tecnologia blockchain para construir “contratos inteligentes”.

Ao participar de um painel com o cofundador da Chainlink Labs, Sergey Nazarov, Schmidt disse que o “The Merge”, atualização do Ethereum concluída este mês, é um exemplo de que a indústria de criptomoedas está “seguindo seu caminho”.

“Sou um cético antigo”, disse ele, explicando o motivo de ter sido critico em relação às criptomoedas no passado. Apesar disso, agora ele vê futuro nos ativos digitais, convencido pela atualização do Ethereum para o algorítimo de consenso Proof of Stake.

“É a prova de que sua indústria está se unindo”, disse o ex-CEO do google em resposta a Nazarov da Chainlink, especializada em soluções de oráculos com blockchain que funcionam com dados do mundo real e alimentam o ecossistema descentralizado Ethereum.

Schmidt foi CEO do Google de 2001 a 2011, supervisionando um dos maiores e mais notáveis ​​períodos de crescimento da empresa. Atualmente ele tem um patrimônio líquido de US$ 20 bilhões, tornando-o a 80ª pessoa mais rica do mundo, segundo a Forbes.

Web 3

A Chainlink hospeda anualmente a Smartcon para reunir líderes no espaço Web3, incluindo pesquisadores, acadêmicos e blockchains de camada um e dois. Incluídos na lista de palestrantes de 2022 estão o CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, o ex-CEO do Google Eric Schmidt e Balaji Srinivasan, que anteriormente trabalhou como CTO da Coinbase.

Durante o debate com o ex-CEO da gigante das buscas, Schmidt reconheceu que a Web3 está progredindo, mas ainda tem ressalvas quanto a isso. Ele disse acreditar que os atuais contratos inteligentes “são fracos em suas capacidades” e que o marketing da Web3 está “à frente da realidade”.

Schmidt afirmou também que a religião dos fãs de criptomoedas é “não confie nas pessoas, confie no protocolo”, destacando a tecnologia emergente de Zero Knowledge Proofs (ZK-Proofs), que permite que os dados sejam verificados sem revelar informações privadas.

O executivo acredita que essa mesma tecnologia será transformadora e extremamente importante para a adoção da Web3, observando que o ZK Proofs mudará completamente a experiência de transação das criptomoedas.

Alerta

O ex-CEO do Google ainda fez um alerta para os entusiastas de criptomoedas, dizendo que eles não devem pedir por regulamentação tão cedo, pois a tecnologia ainda está evoluindo e toda uma série de problemas potenciais estão surgindo.

Eric Schmidt também afirmou que o libertarianismo não é uma filosofia viável, mesmo no mundo das criptomoedas. “A sociedade não recompensa muito o pensamento libertário. Os governos sempre mostrarão sua autoridade”, alertou.

As afirmações do ex-CEO do Google não podem ser subestimadas, já que ele trabalha em soluções relacionadas à Web2 há mais de 30 anos.

Fonte: Livecoins
Ex-CEO do Google diz que esta criptomoeda é melhor que o Bitcoin

Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.