Mercado fechará em 6 h 25 min
  • BOVESPA

    98.657,65
    +348,53 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.655,45
    -221,04 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,68
    -0,15 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.904,70
    -7,00 (-0,37%)
     
  • BTC-USD

    11.841,00
    +784,00 (+7,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    238,90
    +5,23 (+2,24%)
     
  • S&P500

    3.426,92
    -56,89 (-1,63%)
     
  • DOW JONES

    28.195,42
    -410,89 (-1,44%)
     
  • FTSE

    5.888,08
    +3,43 (+0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.569,54
    +27,28 (+0,11%)
     
  • NIKKEI

    23.567,04
    -104,09 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    11.657,75
    +7,50 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6177
    +0,0188 (+0,28%)
     

Ex-apresentador de programa infantil é apontado como o nome por trás de Banksy

O Globo
·2 minutos de leitura
Neil Buchanan foi relacionado à identidade secreta de Banksy
Neil Buchanan foi relacionado à identidade secreta de Banksy

RIO — Um dos segredos mais bem guardados da arte contemporânea, a identidade de Banksy ganhou uma nova suposta identidade nos últimos dias. Desta vez, o nome por trás do misterioso grafiteiro é Neil Buchanan, ex-apresentador do programa infantil inglês "Art Attack", popular no país nos anos 1990.

A repercussão foi tão grande que nesta segunda-feira a emissora ITV, que exibiu o programa entre 1990 e 2007, precisou publicar um comunicado negando que Buchanan é Banksy. “Durante o fim de semana, recebemos uma enxurrada de perguntas sobre a esta história das redes sociais”, informa o comunicado. "Infelizmente este site não possui infraestrutura para responder a todas as perguntas individualmente, todavia podemos confirmar que não há nenhum fundamento neste boato. Neil permaneceu em lockdown com membros mais vulneráveis de sua família, e agora se prepara para lançar sua nova coleção de arte em 2021".

O rumores começaram quando alguém relacionou o surgimento de obras de Banksy em lugares onde a antiga banda de Buchanan, Marseille, havia tocado. Em 2018, o suspeito de ser o o do grafiteiro era Jamie Hewlett , um dos fundadores da banda Gorillaz, criada em animação. As "evidências" na época vinham de empresas em que os dois estariam relacionados, além de a capa do álbum "Think tank" (2003), do Blur (grupo de David Albarn, cofundador do Gorillaz), ser ilustrada pelo artista.

Outro astro da música pop apontado como a verdadeira identidade de Banksy é Robert Del Naja, vocalista do Massive Attack. Fãs relacionaram aparições de grafites creditados ao inglês em cidades que receberam turnês da banda de trip hop. Del Naja, que como artista visual é conhecido como 3D, teve o prefácio de um livro assinado por Banksy, que diz tê-lo conhecido nas ruas. E, em 2017, outro membro do Massive Attack, DJ Goldie, cometeu o deslize de chamar o grafiteiro de "Robert" em uma entrevista.

Contemporâneo de Banksy na cena da arte de rua de Bristol, o artista visual Nick Walker também já foi apontado como o verdadeiro nome por trás do grafiteiro, uma teoria que o chateava, conforme comentou em entrevista para O GLOBO em 2015: "As pessoas acham que street art e Banksy são a mesma palavra, que ele é o único grafiteiro do mundo. Para ser sincero, isso é chato pra c...", disse Walker.

Seja quem estiver por trás do capuz e com o spray e o estêncil nas mãos, o fato é que vem produzindo nos últimos meses. A última ação grandiosa de Banksy foi financiar um barco para resgatar refugiados no mar, no mês passado, que acabou precisando ser rebocado pela guarda costeira italiana. Ele também propôes uma nova versão para a estátua do comerciante de escravos Edward Colston, que foi derrubada pela população em junho, em meio aos protestos do Black Lives Matters. E em julho, um grafite seu surgiu no metrô de Londres, incentivando os passageiros a usarem máscara.