Mercado abrirá em 8 h 51 min
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,41
    -0,56 (-0,78%)
     
  • OURO

    1.746,40
    -5,00 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    45.513,07
    -2.389,18 (-4,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.136,61
    -88,92 (-7,26%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    23.969,55
    -951,21 (-3,82%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.240,25
    -85,75 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1873
    -0,0121 (-0,20%)
     

Exército dos EUA constrói um quartel inteiro usando partes impressas em 3D

·3 minuto de leitura

O Departamento Militar do Texas, nos EUA, e a empresa de tecnologia ICON desenvolveram a maior estrutura impressa em 3D da América do Norte. As instalações do quartel Camp Swift Training Center possuem 353 metros quadrados e abrigam 72 soldados em treinamento.

A estrutura fabricada com impressoras Vulcan de última geração utiliza um material proprietário da ICON chamado “Lavacrete”. Com esse composto, é possível imprimir casas inteiras em menos de 48 horas, produzindo apenas um terço dos resíduos em comparação com construções que usam cimento, areia e aço.

“Guardas de todo o Texas vêm ao acampamento Swift para treinar. Os quartéis impressos não fornecerão apenas um lugar seguro e confortável para os nossos soldados ficarem enquanto treinam, mas como são impressos em concreto especial, prevemos que durem décadas”, afirma o diretor de instalações do Departamento Militar do Texas, coronel Zebadiah Miller.

Quartéis

O exército norte-americano pretende usar essa tecnologia de impressão 3D para construir novos quartéis com custo mais baixo e tempo reduzido no canteiro de obras. A ideia é fabricar instalações confortáveis para soldados em locais avançados de combate, dentro e fora dos Estados Unidos.

O processo de impressão 3D de estruturas militares também poderá ser utilizado pela Guarda Nacional em missões de socorro durante desastres naturais, para construção de moradias temporárias ou permanentes em locais de difícil acesso e com mão de obra reduzida, como florestas e regiões desérticas.

Um quartel como o do Texas leva aproximadamente 40 horas para ficar pronto e precisa de apenas quatro pessoas para operar e abastecer a impressora com o concreto especial. “Uma equipe formada por 10 fuzileiros navais leva cerca de cinco dias para construir quartéis de madeira, isto é, se eles não estiverem sob fogo e tiverem o mínimo necessário em mãos. É muito trabalho e muito tempo perdido”, comenta o capitão Matthew Friedell.

Lavacrete

O material é uma mistura feita à base de cimento comum que garante a mesma sustentação do concreto convencional. A combinação com outras matérias-primas permite que o lavacrete seja obtido de qualquer lugar do mundo mantendo as características de eficiência e durabilidade.

Além disso, o composto tem uma resistência à compressão de 6.000 psi, bem acima da consistência dos materiais de construção existentes no mercado. Outra vantagem do lavacrete é ele pode ser impresso em alta velocidade sem perder a forma, permitindo que as casas sejam impressas com mais rapidez.

ICON

A ICON fabricou a primeira casa impressa em 3D dos Estados Unidos em 2018. Além da parceria militar, a empresa participa de projetos de construção de moradias populares para pessoas em situação de rua, infraestrutura e habitats para missões espaciais, com protótipos para futuras viagens a Marte.

Desde a sua criação, a startup vem registrando um crescimento de 400% ao ano, coma entrega de quase 50 casas com estruturas impressas em 3D nos Estados Unidos e no México. Mais da metade dessas residências foram construídas com a ajuda de projetos sociais para reabilitação de pessoas em situação de pobreza crônica nos dois países.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos