Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.132,20 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,62 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -0,32 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    36.645,69
    +1.645,02 (+4,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +76,96 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,12 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -43,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3930
    +0,0795 (+1,26%)
     

Lista das empresas mais ricas do mundo [Atualizada 2021]

Redação Finanças
·5 minuto de leitura
(AP Photo/Marcio Jose Sanchez)
(AP Photo/Marcio Jose Sanchez)

Diferentes critérios podem ser adotados para avaliar quais as empresas mais ricas do mundo, mas aqui vamos considerar o valor de mercado como referência. Para isso, o cálculo é simples: multiplicar o preço de cada ação da companhia pela quantidade total listada nas bolsas de valores internacionais. Ou seja, apenas empresas de capital aberto entram no nosso ranking das mais poderosas do planeta em 2021.

Desse modo, o domínio fica com os Estados Unidos, com sete representantes entre as empresas mais ricas do mundo. China e Arábia Saudita completam o Top 10

Veja a lista das empresas mais ricas do mundo [Atualizada 2021]

  1. Apple = US$ 2,17 trilhões - Nem mesmo a pandemia foi capaz de parar o crescimento da Apple, muito pelo contrário. Com a população mundial cada vez mais empurrada para um estilo de vida digital, a empresa norte-americana teve uma valorização de mais de 60%, ultrapassando a impressionante marca dos US$ 2 trilhões (mais de R$ 10 trilhões!) em valor de mercado. Sediada na Califórnia, nos Estados Unidos, a empresa mais rica do mundo teve como principais novidades em 2020 os lançamentos do iPhone 12, das novas séries do iPad e do Apple Watch, além do seu primeiro MacBook com processamento “feito em casa”, o Apple Silicon. Será que Steve Jobs estaria orgulhoso?

  2. Saudi Aramco = US$ 2,07 trilhões - Dona da segunda maior reserva de petróleo do planeta, atrás apenas da Venezuela, a Arábia Saudita colocou sua principal petrolífera na vice-liderança do ranking das empresas mais ricas do mundo para 2021. E olha que os obstáculos para a companhia vão além dos normalmente vistos no mercado internacional. De 2019 para cá, a Saudi Aramco vem sofrendo repetidos ataques por bombas ou mísseis em suas instalações. Mesmo assim, conseguiu uma valorização de mais de 10% na comparação com o ano anterior, também ultrapassando a casa dos US$ 2 trilhões. Vale destacar que a maior parte das ações pertence ao governo saudita.

  3. Microsoft = US$ 1,61 trilhão - O nome mais tradicional do mundo em termos de tecnologia já não lidera mais o ranking das empresas mais ricas em 2021, assim como seu fundador, Bill Gates, também já não é mais considerado o homem mais rico do planeta. Mesmo assim, a Microsoft aumentou seu valor de mercado em mais de 30% no último ano, ficando com a nossa medalha de bronze.

  4. Amazon = US$ 1,58 trilhão - E foi justamente o CEO da Amazon, Jeff Bezos, que destronou Bill Gates do ranking de pessoas mais ricas do mundo. Porém, sua empresa, também norte-americana, ainda fica um pouco atrás da Microsoft em termos de valor de mercado. Fundada em 1994 e recém-chegada verdadeiramente ao Brasil, a Amazon diversifica seus negócios entre as áreas de e-commerce, computação em nuvem, streaming e inteligência artificial. É provável que você já tenha comprado algum produto deles ou até mesmo que seja um assinante do Amazon Prime.

  5. Alphabet (Google) = US$ 1,19 trilhão - Nem todo mundo sabe, mas este é o nome do conglomerado que controla as empresas vinculadas ao Google, incluindo a plataforma de vídeos YouTube e o sistema operacional de smartphones Android, por exemplo. Sediada em Mountain View, na Califórnia (EUA), a companhia teve uma valorização de mercado superior a 30% ao longo de 2020 e ultrapassou pela primeira vez a casa do trilhão de dólares.

  6. Facebook = US$ 784 bilhões - A empresa criada por Mark Zuckerberg no início dos anos 2000 como quase uma “brincadeira” entre amigos da Universidade de Harvard (entre eles o brasileiro Eduardo Saverin) já viveu dias melhores em termos de popularidade, mas ainda assim aparece entre as mais ricas do mundo. No último ano, o valor total de suas ações subiu mais de 35%.

  7. Tencent = US$ 705 bilhões - Como não estamos considerando companhias sem capital aberto, a primeira representante chinesa no ranking das empresas mais ricas do mundo é a Tencent, fundada em 1998 e sediada em Shenzhen. Talvez você nunca tenha ouvido falar dela, mas é fácil explicar o motivo disso. A holding controla uma série de ferramentas e serviços tecnológicos similares a outros que são populares globalmente, mas que não possuem acesso ao mercado da China. Seus principais destaques são o QQ, o WeChat e o PayPai, mas provavelmente você faz buscas pelo Google, troca mensagens pelo WhatsApp e transfere dinheiro pelo PayPal por aqui.

  8. Alibaba = US$ 700 bilhões - Se você já comprou algum produto diretamente da China, provavelmente você o comprou pelo Alibaba. Apesar de ter seus negócios ramificados em diferentes frentes tecnológicas, o conglomerado chinês é mais famoso por seu e-commerce que vende praticamente tudo o que você estiver procurando. Seu fundador, Jack Ma, está entre as 20 pessoas mais ricas do mundo e, de acordo com a Forbes, sua fortuna pessoal está avaliada em mais de US$ 65 bilhões (cerca de R$ 330 milhões).

  9. Tesla = US$ 600 bilhões - Se em outros tempos era bastante comum ver a indústria automobilística representada entre as mais ricas do mundo, hoje em dia o cenário é um pouco diferente. A Tesla é a única do setor a aparecer no Top 10 da economia global, desbancando empresas tradicionais como Toyota e Volkswagen, que outrora figuravam entre as mais poderosas do planeta. E o sucesso da Tesla vem, entre outros fatores, justamente pela quebra do tradicionalismo automobilístico. Liderada pelo sul-africano Elon Musk, que recentemente assumiu a vice-liderança entre as pessoas mais ricas do mundo, a empresa aposta em veículos elétricos, assim como nas modernas baterias que os dão energia. Em 2020, seu valor de mercado aumentou impressionantes 650%, sendo disparadamente o maior entre as principais companhias do mundo. A megalomania do empreendimento é tanta que, neste momento, um dos seus carros está a mais de 50 milhões de quilômetros da Terra, viajando acima dos cinco mil quilômetros por hora.

  10. Berkshire Hathaway = US$ 525 bilhões - Apesar do nome não ser muito reconhecido em um primeiro momento, a história do conglomerado norte-americano vem sendo escrita desde 1841. Inicialmente focada na indústria têxtil, a empresa liderada pelo multibilionário Warren Buffett diversificou seus negócios ao longo do tempo para se estabelecer entre as mais ricas do mundo. Hoje em dia, seus investimentos alcançam os setores de seguros, comunicações, alimentos, automóveis, esportes, tecnologia, imóveis, entre outros.