Mercado fechará em 5 h 37 min

Evento virtual em oposição a Jair Bolsonaro e pela democracia terá FHC e Haddad

Evento tem como objetivo fazer uma debater a democracia no brasil (Foto: André Lucas/picture alliance via Getty Images)

Na próxima sexta-feira acontecerá um evento virtual com políticos de espectros políticos diversos em prol da democracia. Organizado pelo grupo Direitos Já!, o Fórum pela Democracia se denomina como uma iniciativa suprapartidária, plural e aberta a todas as pessoas a instituições.  

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Entre as presenças confirmadas estão o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), que foi o adversário do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no segundo turno em 2018, e também o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).  

Segundo informações do Painel, da Folha de S. Paulo, Lula foi convidado, mas recusou o convite, enquanto Sergio Moro não foi chamado. O apresentador Luciano Huck também teve presença confirmada.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O evento será uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, às 19h, na sexta-feira. A organização é de Fernando Guimarães, coordenador do grupo Direitos Já.

Em manifesto publicado nas redes sociais, o Direitos Já afirma que as eleições de 2018 foram “marcadas pela ascensão política de um discurso ultranacionalista, religiosamente fundamentalista, de ataque a instituições e segmentos sociais”.

Leia também

Pelas redes sociais, o Direitos Já! negou a participação do presidente Jair Bolsonaro. Eles explicam que perfis falsos estão divulgando que Bolsonaro estaria no Fórum.

“O presidente Bolsonaro vem cometendo uma série de ataques e ameaças à democracia, conforme denunciamos em diversas notas desde o início de sua gestão. O ato do Direitos Já! será em defesa da democracia, da vida e da proteção social e se faz necessário devido ao descaso do presidente diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e de seus já citados ataques e ameaças à democracia”, escrevem os representantes.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.