Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.053,69
    +89,84 (+0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Evento traz ex-mulher de Nelson Mandela para discutir agenda racial com CEOs

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mais de 50 CEOs de grandes empresas vão se reunir com a ativista Graça Machel, ex-mulher de Nelson Mandela, para debater o compromisso do setor privado com a agenda racial e o combate ao racismo. O encontro faz parte da programação do 2º Fórum Internacional Empresarial pela Equidade Racial, que acontece nesta quinta (17) e sexta (18), em São Paulo.

O fórum é gratuito e será realizado presencialmente na Universidade Zumbi dos Palmares, zona norte da capital paulista. As inscrições podem ser feitas pelo site oficial.

Ativista dos direitos humanos e ex-ministra da Educação de Moçambique, Graça Machel fará uma palestra na manhã desta quinta-feira. Ao lado dela, empresários se reunirão para fazer a leitura de uma carta apresentando o atual momento da agenda racial no meio corporativo e reafirmando compromissos com a adoção de ações afirmativas para a promoção da equidade.

O fórum é organizado por dois dos principais movimentos corporativos em prol da inclusão racial: a Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial, que reúne mais de 60 grandes empresas -como Itaú, Coca-Cola, Unilever e Magalu- e o Mover (Movimento pela Equidade Racial), formado atualmente por 47 companhias.

Ao longo dos dois dias de evento, lideranças nacionais e internacionais do setor privado, do poder público e da sociedade civil também discutirão temas como ESG (ambiental, social e de governança, na sigla em inglês) e a crise do clima.

O objetivo é tropicalizar os assuntos, entendendo como debater as agendas climática e social considerando as questões raciais que pesam sobre a sociedade brasileira.

Outro tema em discussão será a Lei de Cotas e os efeitos de ações afirmativas para promover diversidade e inclusão no ambiente empresarial. Durante o evento, será lançado um projeto de parceria entre a Universidade Zumbi dos Palmares e universidades dos EUA para identificar e estudar os impactos das ações afirmativas.

A Iniciativa Empresarial também vai apresentar os resultados do novo Índice de Equidade Racial nas Empresas, que faz um diagnóstico da diversidade nas organizações brasileiras. Em sua terceira edição, o índice teve participação de 48 companhias, como Petrobras, Bradesco, Cargill e Banco do Brasil.

"No ano passado, a despeito de todo o discurso de inclusão e diversidade racial, a participação de negros na alta liderança das empresas reduziu", diz Raphael Vicente, diretor geral da Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial. "Neste ano, devemos ter resultados interessantes, porque a base mudou razoavelmente, temos mais de 13 novos respondentes", acrescenta.

Segundo Vicente, o fórum ainda terá o anúncio de uma parceria entre a Iniciativa Empresarial e a USP (Universidade de São Paulo), que em agosto deste ano lançou o Diversa, programa que oferece bolsas de R$ 800 pagas por empresas e pessoas físicas para ajudar na permanência de alunos em situação de vulnerabilidade econômica e social.

"Vamos anunciar que a Diversity [braço de recrutamento, seleção e desenvolvimento da Iniciativa] e a USP vão juntas buscar soluções e recursos para também incluir esses jovens no mercado de trabalho", diz.

2º FÓRUM INTERNACIONAL EMPRESARIAL PELA EQUIDADE RACIAL

Quando: 17 e 18 de novembro

Onde: Universidade Zumbi dos Palmares, São Paulo (não haverá transmissão pela internet)

Quanto: Grátis

Inscrições e programação: https://iniciativaempresarial.com.br/2o-forum-internacional-pela-equidade-racial/