Mercado fechará em 3 h 11 min
  • BOVESPA

    108.138,91
    -263,37 (-0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.131,73
    -223,13 (-0,47%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,62
    -1,14 (-1,26%)
     
  • OURO

    1.811,90
    +6,70 (+0,37%)
     
  • BTC-USD

    23.111,68
    -819,41 (-3,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    536,25
    -21,10 (-3,79%)
     
  • S&P500

    4.116,17
    -23,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    32.783,89
    -48,65 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.488,15
    +5,78 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    20.003,44
    -42,33 (-0,21%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    12.985,00
    -198,25 (-1,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2444
    +0,0350 (+0,67%)
     

Eve, da Embraer, mostra imagens da cabine de seu carro voador

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Eve, subsidiária da Embraer produtora de aeronaves elétricas, também conhecidas como carros voadores, anunciou neste domingo (17) os primeiros modelos da cabine do eVTOL, veículo elétrico de decolagem e pouso vertical desenvolvido pela empresa.

Segundo comunicado da Eve, a maquete ("mock-up") foi revelada neste domingo na feira de aviação Farnborough Airshow, na Inglaterra, e será apresentada na exposição "Fly the Future", entre os dias 18 e 22 de julho, no espaço reservado na feira à Embraer.

A expectativa é que as primeiras unidades do carro voador entrem em operação a partir de 2026, de acordo com o cronograma da empresa.

Em maio, a Eve apresentou um plano para usar seu carro voador no Rio de Janeiro.

"Nossas soluções foram pensadas considerando necessidades essenciais do mercado, como acessibilidade, segurança, sustentabilidade e preço da passagem" disse Flavia Ciaccia, vice-presidente de experiência do usuário da Eve, em comunicado.

Segundo a empresa, o plano é superar US$ 1 bilhão em receita até 2027 e US$ 4,5 bilhões em 2030. O valor estimado de cada unidade do eVOLT está no patamar de US$ 3 milhões.

A Eve fez a abertura de capital (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse) no dia 10 de maio de 2022. Desde então, as ações acumulam desvalorização de cerca de 20%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos