Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,38
    -0,06 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.764,00
    -1,70 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    62.001,09
    +513,26 (+0,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.430,53
    -21,11 (-1,45%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.276,00
    -14,50 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3908
    -0,0007 (-0,01%)
     

Evans, do Fed, vê inflação de 2,4% em 2024 e "modesta inclinação" de alta nos juros

·1 minuto de leitura
Presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans

(Reuters) - O presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans, disse nesta segunda-feira esperar que a inflação suba para 2,4% até 2024, mas que as taxas de juros estejam apenas em uma "leve inclinação" para cima, visão que contrasta com a de alguns outros formuladores de política monetária do Fed que acreditam que será necessário um ritmo mais rápido de aumentos de taxas.

"Estamos tentando solidificar expectativas de inflação fortes e firmes que permitam uma (inflação) média de 2% ao longo do tempo", disse Evans a jornalistas em evento da National Association for Business Economics.

Segundo ele, "o breve período de inflação mais alta... é útil para reforçar as expectativas de inflação".

(Por Ann Saphir)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos